Uma edição que vale por 12. A publicação destaca análises anuais dos principais setores da pecuária brasileira.

Informação com credibilidade há 17 anos!

Agro Giro

IB completa 91 anos de contribuição à agropecuária

“Nos últimos anos, houve um crescimento tanto de produção científica como de recursos financeiros, mesmo durante um período de crise em todo o País”, afirmou o diretor-geral do Instituto Biológico, Antonio Batista Filho. De acordo com o dirigente, houve um aumento de 81% na produção de imunobiológicos, que atendem ao programa nacional para o diagnóstico de brucelose e tuberculose. “De 2,5 milhões, passamos a produzir 4,5 milhões de doses. No próximo ano, triplicaremos essa produção”, revelou Batista.


Descobertos os genes responsáveis pelas características organolépticas da carne

Agro

Pesquisa iniciada há cerca de oito anos pela Esalq e Embrapa Pecuária Sudeste registrou extraordinário avanço. Em um trabalho que acaba de ser publicado no periódico científico BMC Genomics, os pesquisadores identificaram centenas de genes responsáveis pela qualidade, pelo sabor e pela maciez da carne bovina, bem como a quantidade e o tipo de gordura. “Até o momento, não existe nenhum estudo semelhante para quaisquer outras raças bovinas,” afirma Luiz Lehmann Coutinho (foto), coordenador do Centro de Genômica da Esalq.


PCAD reúne criadores no interior paulista

O encerramento da 8ª Prova Canchim de Avaliação de Desempenho reuniu criadores, técnicos, pesquisadores centrais e representantes do governo na sede do Coplacana em 10 de novembro, em Piracicaba/SP, cidade que recebeu o teste em uma parceria inédita instituída entre a Associação Brasileira de Criadores de Canchim (ABCCan), a @Tech e a Coplacana. Entre os premiados neste ano, Xisto 4415 MN da Itamarati, do criador Luiz Carlos Dias Fernandes, da Fazenda Santa Maria, em Três Lagoas/MS, conquistou o título de Elite Ouro no grupo de animais nascidos entre junho e agosto de 2017.


O vencedor Elite Prata foi um tourinho da criação da Canchim Canta Galo, 4545 Ilho Canta Galo, de Valentin Suchek, com sede em Itapetininga/ SP, premiação seguida por H-1485 MN da São Tomé, touro que garantiu o “elite bronze” aos criadores Dourivan e Alexandre Cruvinel, com trabalhos de seleção em Goiás. Pai e filho fizeram, também, o terceiro lugar da segunda prova, que avaliou animais nascidos entre setembro e novembro de 2017. Na prova de número 2 da PCAD, o primeiro lugar foi, novamente, da Itamarati, com o animal Xisto 4556 MN da Itamarati; e o segundo saiu para a Ilma Agropecuária, de Irineu e Adriano Lopes, que ranquearam no pódio com o garrote G-12824 MN da Ilma, vendido no programa Balcão do Boi; ao lado do Elite Prata, 4545 Ilho Canta Galo.


Novas regras para o Braford são aprovadas

O Regulamento do Registro Genealógico da raça Braford teve suas alterações aprovadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Uma das mudanças diz respeito aos Reprodutores Múltiplos, com a qual será possível incluir até dez touros em cada grupo. Também foi alterada a regulamentação dos comunicados de cobertura, não havendo mais obrigatoriedade de intervalo de 25 dias entre inseminação e repasse. Em casos de incompatibilidade entre cobertura e nascimento, será exigido exame de DNA.


Rússia volta a importar carne bovina do Brasil

No dia 1º de novembro, a Rússia retomou as importações de carnes bovinas e suínas do País. Essas compras estavam suspensas desde o fim de 2017. O embargo russo ocorreu por causa da presença de ractopamina em produtos de origem animal, oriundos de quatro plantas frigoríficas do Brasil. A ractopamina, que não causa danos à saúde, é uma substância proibida naquele país.


Acordo viabiliza área de estudo da Carne Baixo Carbono

Contrato assinado entre a Embrapa e o Grupo Roncador prevê verificar, até 2020, a viabilidade técnica de se considerar os sistemas de pastagens intensificadas e de integração lavoura-pecuária (ILP) como sistemas pecuários aptos a mitigar as emissões de gases de efeito estufa (GEE) e passíveis de se enquadrar nas diretrizes do protocolo Carne Baixo Carbono (CBC), em fase de finalização pela Embrapa.


Tereza Cristina (DEM/MS) é a nova ministra do Mapa

Agro

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), anunciou a engenheira- agrônoma e deputada Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias como a nova ministra da Agricultura. A escolha foi aplaudida por diversas entidades de classe, principalmente por ela reunir as qualidades necessárias para ocupar o cargo e pelo fato de ser uma produtora rural. Tereza preside a Frente Parlamentar Agropecuária no Congresso.