A Granja do Ano – 36 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Destaques - Pulverizadores

70 anos de excelência ao produtor

Destaques

A Jacto comemora dois feitos históricos em 2018: as sete décadas de existência e a inauguração de uma fábrica na Argentina

A Granja do Ano — Quais produtos, tecnologias, projetos ou outras iniciativas lançadas pela Jacto em 2018 que o senhor gostaria de destacar?

Fernando Gonçalves — O ano de 2018 é muito especial para a Jacto, pois estamos comemorando nossos 70 anos de história dedicados ao desenvolvimento da agricultura. É um momento marcante, no qual renovamos nossos compromissos não apenas de produzir e ofertar produtos e serviços de qualidade e soluções inovadoras, mas, acima de tudo, de nos colocar à disposição das pessoas, de servir ao agricultor, atendendo às suas necessidades reais de trabalho. Por isso, diante do novo cenário digital, cada vez mais tecnológico, a empresa também busca orientar suas soluções para máquinas, equipamentos e serviços que atendam os agricultores nesse novo ambiente.

Destaques

Fernando Gonçalves é presidente da Jacto Agrícola

O ano de 2018 registrou ainda outro importante marco para o grupo, com a inauguração de uma planta fabril na Argentina, que é um dos principais mercados da Jacto. Em termos de lançamentos, a Jacto apresentou, ao longo do ano, inovações exclusivas em adubação e agricultura de precisão, além de soluções em pulverização com foco na otimização de recursos e mais qualidade e desempenho para o produtor. Entre os lançamentos de pulverização destacam-se dois pulverizadores automotrizes: o compacto Uniport 2030, com tração 4x4, e o Uniport 3030 Canavieiro, exclusivo para a cultura da cana-de-açúcar. A linha de pulverizadores tratorizados é representada pelo turboatomizador Arbus 4000 Tower, para atender a culturas perenes de grande porte. Em adubação, os destaques são a nova adubadora automotriz Uniport 3030 NPK e a adubadora tracionada Tellus 10.000 NPK. As tecnologias presentes na adubadora reduzem o consumo de fertilizantes em até 15%. Em agricultura de precisão, os destaques são o Omni 700 e o Omni 500, equipamentos utilizados na navegação de máquinas no campo, que aumentam a qualidade e a precisão das operações.

Que diferenças e resultados essas novidades promovem no trabalho e na vida do produtor?

Os produtos e serviços estão presentes em mais de 100 países e estão alinhados com a proposta de valor da empresa de servir as pessoas, não deixar o cliente na mão e ser especialista no que faz. Dessa forma, o foco é disponibilizar e atualizar técnicas capazes de otimizar a produção e garantir maior eficiência e rentabilidade para os produtores rurais e atenção à sustentabilidade, para o menor impacto ambiental.

Que perspectivas a empresa vislumbra para o agronegócio brasileiro nos próximos meses e anos, sobretudo pela eleição presidencial no final de 2018?

Em termos do cenário agrícola, as condições de safra estão favoráveis, e questões de juros e oportunidades dadas pelas instituições financeiras aumentaram a confiança dos agricultores, que buscaram essas oportunidades para atualizar suas máquinas e o acesso a novas tecnologias. Essas situações, com certeza, contribuíram para a melhoria do clima geral do mercado. É necessário, no entanto, ter atenção à tendência de aumento de custos da próxima safra. O cenário político traz algumas incertezas. Nosso aprendizado é continuar investindo em pesquisa e desenvolvimento, no lançamento de novos produtos, porque os agricultores não param. A terra que foi tratada vai dar frutos, independentemente de crise ou não, e temos que ajudar com soluções tecnológicas que facilitem a vida desses produtores, seja em processos, seja em redução de custos.