A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Destaque 2017 Adubos YARA

Destaque

Nutrição que favorece a produtividade

Com um portfólio de elementos simples e fertilizantes complexos, a Yara oferece recomendações específicas de adubação para as diferentes culturas

Nome da empresa: Yara Brasil Fertilizantes

Sede: Porto Alegre/RS

Unidades no Brasil: 32 (3 escritórios, 5 fábricas e 24 unidades industriais de mistura)

Faturamento em 2016: R$ 10,6 bilhões (Yara Brasil)

A Granja do Ano — Qual é a importância do Brasil para os negócios da Yara?

Lair Hanzen — O Brasil desempenha um papel de absoluta relevância para o agronegócio e se posiciona como o celeiro do mundo na missão de alimentar uma população crescente. Essa importância se reflete na atuação da Yara, tanto que o País é um segmento distinto na Yara International e conta com assento na diretoria mundial da empresa. Hoje, na Yara, o Brasil representa aproximadamente 1/4 da receita global e 1/3 do volume. Em nosso quadro de trabalhadores, já temos mais pessoas falando português do que norueguês. Esses fatores evidenciam a importância do País para a companhia. A Yara está no Brasil desde 1977 e, após a aquisição da Bunge Fertilizantes, finalizada em 2013, que nos tornou líderes de mercado, realizamos investimentos contínuos no País, com soluções competitivas e sustentáveis para todos os tipos de culturas e solos.

De que forma a empresa vem colaborando para o incremento de produtividade nas lavouras brasileiras?

Destaque

Lair Hanzen é vicepresidente da Yara International e presidente da Yara Brasil

A Yara possui um conhecimento centenário ao pesquisar, elaborar e acompanhar os resultados de seus programas nutricionais. Oferecemos a maior variedade de fertilizantes do mercado, a fim de produzir os alimentos necessários para uma crescente população mundial. O portfólio inclui desde elementos simples (como ureia e nitratos), fertilizantes complexos (nitrogênio, fósforo e potássio juntos no mesmo grânulo), macro e micronutrientes, e fertilizantes foliares e líquidos. No Brasil, realizamos recomendações específicas para cada cultura e ao cliente por meio de nossa equipe técnica de agrônomos especialistas em culturas.

Quais são os principais destaques da atuação da Yara no Brasil nos últimos meses?

O principal plano da Yara no Brasil é o de contribuir para o crescimento da agricultura brasileira de maneira sustentada, com forte valor agregado ao agricultor – seja pelo know-how que disponibiliza, seja pela qualidade superior de seu portfólio. Estamos investindo R$ 1,3 bilhão na duplicação e modernização do Complexo de Rio Grande/RS. Os aportes, que irão até 2020, transformarão o complexo no maior em fertilizantes na América Latina. Esse investimento irá suprir a demanda dos agricultores brasileiros de vários estados nos próximos 25 anos. Por sua eficiência operacional e localização privilegiada, Rio Grande tem um papel fundamental para nosso desenvolvimento sustentável no País. Outro investimento em curso é a obra do Complexo Mineroindustrial de Serra do Salitre/MG. O investimento é de R$ 2,6 bilhões e tem como objetivo aumentar a extração do fosfato, reduzindo a dependência de importações. Quando estiver em operação plena, o projeto terá capacidade de produção de 1,2 milhão de toneladas anuais de rocha fosfática (concentrado), que será utilizada na produção de fertilizantes. O cronograma prevê que as obras da fase de mineração sejam finalizadas no segundo semestre de 2017 e a planta química, iniciada no segundo semestre de 2018. A Yara também está construindo uma fábrica de fertilizantes foliares da linha YaraVita, em Sumaré/SP. Com investimento de R$ 91,6 milhões e inauguração prevista para o primeiro semestre de 2018, será a primeira unidade da Yara voltada à fabricação desses produtos fora da Inglaterra, e será responsável pela produção de aproximadamente 70% de todo o volume de YaraVita comercializado pela empresa no Brasil.

Quais são as expectativas para a agricultura brasileira e para os negócios da Yara na safra 2017/2018?

O País, por conta de seus recursos naturais e vocação agrícola, vem garantindo ano após ano recordes na produtividade. A safra 2016/17 foi considerada um marco histórico, com altos índices de produtividade, e esse cenário se reflete no mercado de fertilizantes, que continua em expansão. O clima foi muito favorável, os produtores plantaram na janela correta, então a quantidade de grãos extraída do solo foi muito alta e, consequentemente, os nutrientes também. Se pensarmos pelo ponto de vista agronômico, deveria ser feita a reposição da mesma quantidade de nutrientes extraída, já que a adubação adequada sustenta uma boa produtividade. Vemos que nos últimos anos o agronegócio vem sendo a alavanca do crescimento econômico do País e, por isso, a Yara espera que o mercado de fertilizantes mantenha o nível de demanda.