A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Destaque 2017 Implementos Agrícolas

Destaque

Equipamentos que geram eficiência

Amplo portfólio que atende diferentes perfis de produtores, robustez e alto desempenho estão entre os diferenciais das máquinas projetadas pela Marchesan

Nome da empresa: Marchesan Implementos e Máquinas Agrícolas TATU S.A.

Sede: Matão/SP

Fábricas: 1

Número de funcionários: 2,3 mil

A Granja do Ano — Quais são os mais recentes investimentos e projetos da Marchesan?

João Carlos Marchesan — Nos últimos anos, tem acontecido poderosos avanços tecnológicos nos mais diversos setores da sociedade em que vivemos, desde o dia a dia na casa das pessoas, com seus smartphones, tablets e computadores, até as indústrias, com novidades em sistemas e com máquinas capazes de produzir em escalas muito maiores do que se imaginava tempos atrás. E no campo não poderia ser diferente. Um exemplo claro dessa mudança de panorama é a agricultura de precisão, que ano a ano vem mudando drasticamente o cotidiano do agricultor. Dito isso, reafirmamos nosso compromisso em disponibilizar soluções inteligentes para o agricultor produzir de forma mais eficiente e eficaz.

Quais são os principais diferenciais dos equipamentos fabricados pela empresa?

Entre os diferenciais dos equipamentos fabricados pela Marchesan destacam-se a robustez e a qualidade dos produtos. Possuímos um amplo e completo portfólio de produtos, sendo possível atender desde os produtores familiares até os grandes grupos de empresários rurais. Os produtos Tatu Marchesan, antes de serem colocados no comércio, são testados em seus campos de prova nas lavouras do grupo, onde são analisados por engenheiros e técnicos especializados com rígido controle de qualidade. Todo o produto com a marca Tatu tem a garantia de desempenho assegurado. Com tecnologia própria sempre incentivando a pesquisa e buscando total autonomia, a Marchesan produz os componentes que definem a sua qualidade e seu desempenho, tais como mancais, discos, enxadas, eixos e os componentes para a fabricação do chassi. Para isso, conta com ferramentaria e fundição próprias com fornos modernos que possibilitam a produção de aço e ligas com qualidade superior. Todos os componentes que definem qualidade e desempenho são produzidos pela própria Marchesan através de avançados métodos de projetos e manufatura de produtos capazes de atender as necessidades dos agricultores mais exigentes. Frequentemente, os veículos da Marchesan são vistos em várias partes do Brasil. Seu setor de assistência técnica, equipado com unidades volantes, está tecnicamente preparado para prestar socorro e auxílio ao produtor em qualquer parte do Brasil.

Qual a sua avaliação sobre o momento do agronegócio brasileiro e do mercado de máquinas e implementos agrícolas? E as expectativas para a próxima safra?

Destaque

João Carlos Marchesan é diretor e membro do Conselho da Marchesan

De janeiro a maio, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), as vendas de implementos agrícolas cresceram 15%. O agronegócio brasileiro passa por um bom momento, colhemos uma safra recorde. Com melhores ganhos, os produtores investem em maquinário e aquecem as fábricas. Isso se torna renda e rendimento para os agricultores. Hoje, o nosso parque de máquinas é defasado. A idade média é de cerca de 10 anos e é preciso atualizar tecnologicamente esses equipamentos. Máquinas são compradas por necessidade, quando há perspectivas de continuidade da demanda e da rentabilidade, no mercado interno e/ou na exportação. Pensando em futuro, esperamos uma continuidade de crescimento para a próxima safra, visto que a demanda por alimentos no mundo só aumenta. O Brasil é o celeiro do mundo. Aqui, em se plantando, tudo dá. Essas máximas são velhas conhecidas, mas, em um mundo que precisará cada vez mais de alimento para manter uma população crescente, elas podem ser revitalizadas. O Brasil, como um dos maiores países em extensão de terra do globo, deverá ocupar lugar de destaque nessa realidade. As previsões internacionais sobre o crescimento populacional apontam que seremos 9 bilhões de pessoas no planeta até 2050. No entanto, para acompanhar tal aumento, o mundo deverá produzir 60% mais alimentos do que produz hoje. Com esse pensamento, a Marchesan vem investindo e apresentando inovações e incorporações tecnológicas em plantio, com plantadeiras de alto rendimento e com menos exigência de potência, e grades de grande porte para tratores de alta potência (somos especialistas nessas grades), destacando igualmente, a agricultura de precisão. A evolução é constante e rápida, e para isso devemos estar em plena comunicação com os agricultores, estarmos atento ao mercado de commodities e também ter parceiros que nos auxiliem no desenvolvimento de projetos antevendo um futuro próximo.