A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Destaque 2017 Irrigação VALMONT

Destaque

Mais segurança para a produção

Sistemas irrigados desenvolvidos pela Valmont ajudam a dobrar a produtividade e a ampliar o número de safras cultivadas em um mesmo ano

Nome da empresa: Valmont Indústria e Comércio Ltda

Sede: Uberaba/MG

Número de funcionários: 230

Número de revendas: 60

A Granja do Ano — Quais são as inovações e os destaques mais recentes da Valmont em sistemas de irrigação?

Renato Silva — A Valmont está em constante busca por inovações para levar mais facilidade e lucratividade para o nosso cliente. A melhoria contínua é um dos nossos valores. Só este ano, já apresentamos várias soluções ao mercado brasileiro, como o pneu projetado especificadamente para pivôs, fruto de mais de um ano de pesquisa. Esse novo equipamento, extremamente resistente, otimiza o tempo do produtor, já que não necessita calibragem, nem de qualquer outro tipo de manutenção. Mas, sem dúvida, a grande novidade de 2017 foi o Icon, primeiro SmartPainel do mercado, que com certeza elevou a agricultura de precisão para um novo patamar. Entre os diferenciais dessa linha, estão mais rapidez e agilidade de processamento com no mínimo duas vezes superior a qualquer plataforma, e até mesmo a possibilidade de controle dos pivôs direto do celular ou tablet, mesmo sem Internet. É uma tecnologia de alto nível de resistência capaz de enfrentar as mais diversas condições de clima e tempo. Além disso, possui uma tela colorida e sensível ao toque. Todo produtor que tem conhecido a tecnologia fica impressionado.

Qual é a importância da gestão dos sistemas irrigados para uma melhor eficiência da tecnologia nas lavouras e de que formas a Valmont trabalha para levar conhecimentos dessa área até os produtores?

Destaque

Renato Silva é diretorpresidente da Valmont Brasil

O Brasil tem uma responsabilidade muito grande em termos de produção de alimentos para o mundo. E para isso a tendência é que os agricultores continuem apostando em tecnologias que possibilitem aumentar o volume produzido utilizando uma mesma área. Com a irrigação, o agricultor consegue dobrar a produtividade, além de aumentar o número de safras por ano. E, claro, conquista a tão sonhada e importante segurança de produção. As estratégias da Valmont para levar informações sobre os benefícios da irrigação incluem desenvolvimento de ações que aproximem a empresa dos produtores, criando mais canais de venda e promovendo eventos como o “Meu primeiro pivô”, dias de campo com palestras técnicas e apresentação de resultados práticos. A cada ano, aumentamos nossa programação, atingindo diferentes regiões brasileiras. Além disso, estamos investindo forte em nossa rede de vendas, aumentando nossos canais comerciais e de assessoria para o cliente. Também nos programamos para participar das principais feiras agrícolas do País, onde montamos ilhas tecnológicas para apresentar as mais modernas soluções para o campo, e aproximamos nossa equipe técnica dos produtores de todo o País. O nosso trabalho é convencêlos da importância da utilização do processo de irrigação.

Como você avalia a evolução da agricultura irrigada no Brasil e quais são os principais desafios quando pensamos em expansão das áreas de lavouras irrigadas?

A evolução é clara, mas muito aquém do que podemos atingir. Os maiores desafios estão concentrados na dificuldade de liberação do licenciamento ambiental e, em algumas regiões, até mesmo no acesso à energia elétrica. É preciso também criar políticas públicas que incentivem esses investimentos que refletem na economia brasileira e mais alimento para o mundo. Um caminho que deve ser sempre acompanhado de estratégias de difusão de conhecimento sobre a importância da irrigação e de quebras de paradigmas envolvendo o sistema.

E qual é o potencial de ampliação do uso das tecnologias irrigadas no País?

O Brasil é uma potência agrícola gigantesca. O País possui pouco mais de um milhão de hectares irrigados com pivô e tem um enorme e seguro potencial de crescimento. Considerando que temos mais de 60 milhões de hectares plantados, nossa capacidade de expansão é muito grande. E por isso estamos investindo na fábrica brasileira para que ela consiga atender a demanda de mercado projetada, investimento que vem acompanhado de uma expansão da rede de vendas.