A Granja do Ano – 34 anos da melhor prestação de informações e serviços ao profissional do campo.

Radiografia das principais atividades agrícolas, relação de instituições e empresas do agronegócio brasileiro.

Destaque 2017 Pulverizadores JACTO

Destaque

Inovações na defesa das plantas

A Jacto prima desde sempre por entregar produtos que proporcionem rendimento, economia e tecnologia, que se traduzem em ganhos para o agricultor

Nome da empresa: Máquinas Agrícolas Jacto

Sede: Pompeia/SP

Número de funcionários do Grupo Jacto: 3.650

Países que exporta: mais de 100 países, os principais são da América Latina e do Leste Europeu, além da África do Sul

Modelos fabricados: pulverizadores costais manuais, tratorizados e automotrizes, colhedoras de café, adubadoras automotrizes e equipamentos para agricultura de precisão

A Granja do Ano — Que produtos e tecnologias a Jacto lançou no mercado nos últimos meses e em que melhoram o trabalho do produtor rural?

Fernando Gonçalves — É uma preocupação constante da Jacto podermos oferecer tecnologias acessíveis aos produtores, e condizentes com as necessidades atuais da agricultura. Nesse sentido, a Jacto reforçou em 2016 sua tradição e inovação em pulverização com o lançamento de dois novos modelos da sua família de pulverizadores automotrizes: o Uniport 4530 e o Uniport 2530. Foram desenvolvidos pensando em rendimento, economia e tecnologia, fatores muito importantes para o desempenho do trabalho no campo. Neste ano, trouxemos uma grande inovação para a área de adubação com o lançamento da Adubadora Uniport 5030 NPK. Trata-se de uma nova geração de adubadora para o mercado, com tecnologias exclusivas que, entre muitos benefícios para o produtor e para o meio ambiente, está a precisão na dosagem, a ampla faixa de aplicação, a facilidade de regulagem, a uniformidade de distribuição e o menor desperdício de insumos. Entre as tecnologias inovadoras presentes no equipamento está o Sistema PrecisionWay, que controla a dosagem e o ponto de queda do fertilizante nos discos e formato das pás, permitindo distribuir os insumos na dose certa e possibilitando erro máximo de dosagem de até 2%. A máquina também possui o controle automático de seções, um sistema inovador que possibilita a redução no custo de aplicação, ao fechar e abrir as diferentes seções, minimizando as sobreposições. A redução do consumo de fertilizantes pode chegar até 15% com essa tecnologia. Falando em novos conceitos, a Jacto também inovou em 2017 com o lançamento do Omni 700. O equipamento inaugura também um novo conceito de produto para a agricultura de precisão. Além das funções básicas de navegação, o Omni 700 apresenta uma função exclusiva, o Repetidor de Operações Agis, que permite ao operador gravar a operação na primeira aplicação em determinada área. No simples apertar de um botão, o pulverizador automotriz Uniport passa a repetir o que o operador fez anteriormente. Entre outras funcionalidades, o sistema traz facilidade para o operador, reduz a fadiga das longas jornadas e reproduz o trabalho dos operadores mais experientes. Não podemos deixar de destacar uma tendência e um trabalho muito forte que estamos fazendo em relação às soluções para a agricultura, que focam no futuro dos negócios digitais. O novo cenário do qual fazem parte Internet das Coisas (IOT), máquinas inteligentes, nuvem e mobilidade, abre novas possibilidades para a agricultura, que incluem a nuvem, mobilidade, IOT e máquinas inteligentes e as empresas buscam orientar suas soluções para máquinas, equipamentos e serviços que atendam aos agricultores nesse novo ambiente.

Quais são as ações e programas da empresa em relação à capacitação e ao treinamento dos operadores dos pulverizadores, no intuito de evitar danos à saúde e ao meio ambiente?

Destaque

Fernando Gonçalves é presidente da Jacto

Com absoluta certeza, podemos dizer que faz parte de todo o cenário apresentar um equipamento com tecnologias que permitam fazer toda uma otimização da operação, incluindo evitar impactos ambientais. Exemplos disso são a telemetria, o sistema bico a bico, os sensores de altura de barras, entre outras. Para permitir que o produtor use as tecnologias existentes nos produtos de forma a potencializar o trabalho no campo e proporcionar economia de recursos e produtividade, a Jacto disponibiliza variados tipos de treinamentos, abordando pontos específicos para cada tipo de equipamento e situação de operação. Atualmente, contamos com uma equipe que, além de ministrar os treinamentos, também ajudam a desenvolver os conteúdos sobre os assuntos abordados. É uma forma muito importante de construir o conhecimento e disponibilizá-lo, tendo como foco final a qualidade em todo o processo. Esse trabalho se estende também às feiras e aos eventos que participamos, por meio de ambientes formatados para que agricultor possa ver e tirar suas dúvidas sobre calibração adequada, orientação sobre componentes, sobre qualidade técnica das aplicações, entre outros assuntos.