Uso de AI em lavouras diminui aplicação de herbicidas em 92%

Utilizando inteligência artificial (AI) e visão computacional em plantações de milho e trigo, a empresa de tecnologia francesa, Bilberry, trouxe ao mundo a possibilidade de distinguir as ervas daninhas das lavouras através da tecnologia. A invenção promete ser um grande marco para o setor agrícola já que é capaz reduzir em até 92% o uso de produtos químicos.

De acordo com a empresa, todo o ano os agricultores chegam a perder até 20% de sua plantação devido ao tratamento ineficaz de ervas daninhas. Em busca de melhorias e inovações para o agronegócio, a startup apresentou neste mês a novidade que torna possível espalhar herbicidas com mais eficiência, ajudando produtores a obterem maiores rendimentos nas lavouras.

Pensando nisso, foi construído um sistema que se conecta às enormes lanças de trator usadas nos campos. A tecnologia inclui 16 câmeras e módulos Jetson TX2, capazes de analisar campos a 17 quadros por segundo. Dessa forma, o sistema pode ser utilizado em tempo real, conforme o trator for se movendo numa velocidade de até 15 milhas por hora.

Além dos resultados mencionados, é importante lembrar que o sistema também ajuda a diminuir os efeitos do escoamento químico no meio ambiente.

Data: 07/04/2021
Fonte: Redação A Granja

Últimas notícias