A bienabilidade em 2021 vai reduzir a produção brasileira de café em 18%

A produção de café em lavouras brasileiras será inferior à anterior em razão do ciclo bienal da cultura, que alterna um ano de safra cheia. E 2020 foi de colheita recorde. Segundo Safras & Mercado, mesmo que com impressões preliminares até dezembro, o potencial da produção brasileira de café 2021/22 deve ficar em 57,10 milhões de sacas, o que corresponde a uma quebra geral de 18% em relação à safra 2020/21, estimada em 69,5 milhões de sacas.

O consultor de Safras & Mercado Gil Barabach avalia que a produtividade do arábica no ano passado deve causar forte estresse na planta e afetar negativamente a safra 2021 (a bienalidade). “Já o atraso nas floradas junto com as temperaturas acima da média e as chuvas irregulares no pós-florada, o que trouxe muito abortamento, devem reforçar substancialmente o impacto negativo sobre a produção de arábica do próximo ano”, comentou na coluna Agribusiness, veiculada na edição de janeiro da A Granja.

Data: 13/01/2021
Fonte: A Granja

Últimas notícias