Os ilimitados benefícios da diversificação de culturas

Como inserir as diferentes espécies de culturas (inclusive as não-comerciais) no sistema de produção agrícola para usufruir os muitos benefícios da rotação de cultivos? Este é tema de artigo de Osmar Conte, pesquisador da Embrapa Soja, veiculado na edição de setembro da revista A Granja. A dificuldade em mesclar cultivos se dá porque a soja e o milho são as culturas predominantes na safra de verão na agricultura brasileira.

"Para garantir de forma satisfatória e estável o desempenho produtivo do milho e da soja – as principais culturas econômicas –, é preciso assegurar sustentabilidade no ambiente de produção, principalmente no solo, que é a base de tudo", esclarece. "O desafio reside em diversificar sem deixar de produzir e obter ganhos com as culturas produtoras de grãos. A partir da conscientização que diversificar é fundamental, o passo seguinte é encontrar meios de inserir mais espécies vegetais no sistema de produção". (Na foto, de Henrique Debiasi, experimento da Embrapa Soja com rotação de culturas)

Clique aqui e acesse a matéria completa.

Data: 16/09/2020
Fonte: A Granja

Últimas notícias