Esmagamento de soja nos EUA atinge mínima de 9 meses em agosto, diz Nopa

O esmagamento de soja nos Estados Unidos recuou mais do que o esperado em agosto, atingindo o menor nível em nove meses, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela Associação Nacional dos Processadores de Oleaginosas do país (Nopa, na sigla em inglês).

A Nopa disse que seus membros, que realizam cerca de 95% de todo o processamento de soja dos EUA, esmagaram 165,055 milhões de bushels de soja no mês passado, menor resultado mensal desde novembro. Em julho, haviam sido esmagados 172,794 milhões de bushels, e em agosto do ano passado, 168,085 milhões de bushels.

Analistas esperavam que o processamento recuasse para 169,468 milhões de bushels, segundo a média das estimativas de nove profissionais. As previsões variavam de 162,998 milhões a 173 milhões de bushels.

Os estoques de óleo de soja entre membros da Nopa figuravam em uma mínima de nove meses ao final de agosto, a 1,519 bilhão de libras-peso, ante 1,619 bilhão de libras-peso no fim de julho e 1,401 bilhão de libras-peso em agosto de 2019.

Os dados sobre as reservas de óleo de soja vieram em linha com as expectativas do mercado, que projetava 1,515 bilhão de libras-peso, segundo estimativas de seis analistas.

As exportações de farelo de soja recuaram para 754.634 toneladas em agosto, versus 876.159 toneladas em julho. O volume supera, porém, as 699.212 toneladas embarcadas em agosto de 2019, de acordo com a Nopa.

Data: 16/09/2020
Fonte: Reuters

Últimas notícias