Cooperativismo brasileiro busca exemplos de inovação na Alemanha

Com frequência, falamos sobre a velocidade com que os avanços tecnológicos chegam em nossos lares e o impacto que provocam em nosso modo de vida. Na agricultura, não é diferente. Num cenário onde o Brasil desponta como um dos principais produtores de alimentos, é importante que as cooperativas se fortaleçam em inovação. E a intercooperação é um caminho para isso. Para facilitar esse processo, o Sistema OCB participa, de 10 a 16 de novembro, de uma missão técnica na Alemanha, com o objetivo de conhecer as estratégias implementadas por cooperativas agropecuárias alemãs e, quem sabe, transferir essas ideias para o Brasil.

Ao longo da semana, os participantes vão fazer visitas técnicas a algumas cooperativas, além de reuniões com representantes da plataforma de comércio eletrônico Raiffeisen Networld e, também, com especialistas do Sistema de ERP compartilhado. Na sexta (15), a Missão Técnica vai conhecer a feira Agritechnica. Realizada a cada dois anos, ela é uma das maiores exposições de máquinas agrícolas do mundo. O evento também é palco para a apresentação de produtos de fertilização e proteção das lavouras.

O grupo brasileiro é composto pelo diretor do Departamento de Cooperativismo e Acesso a Mercados da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Márcio de Andrade Madalena, pelo superintendente do Sistema OCB, Renato Nobile, e pela gerente de Relações Institucionais, Fabíola Nader. Além deles, a equipe verde-e-amarelo também conta com representantes de unidades estaduais, cooperativas e federações do Ramo Agropecuário.

No Brasil, a transformação para o digital ainda é um desafio. Por isso, entre os pontos a serem observados nas visitas estão o tipo de liderança e gestão empregadas pelas cooperativas e qual a realidade tecnológica delas. A partir disso, o Sistema OCB deve fortalecer a parceria com a Confederação das Cooperativas Alemãs (DGRV) e somar conhecimento para incentivar e apoiar a implementação de projetos semelhantes em cooperativas brasileiras.

Data: 11/11/2019
Fonte: OCB

Últimas notícias