As soluções contra as invasoras da soja

Na lavoura da soja o controle de invasoras como buva e amargoso resistentes ao glifosato demanda uma série de ações de manejo, além da associação de princípios ativos de herbicidas. O assunto, de extrema relevância a quem está cultivando a oleaginosa nesta safra, é tema de artigo na seção Fito da edição de outubro d'A Granja, trabalho dos especialistas Germani Concenço e André Andres, pesquisadores da Embrapa Clima Temperado, e Rodrigo Arroyo Garcia, pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste.

"Após o plantio da soja, em pré-emergência da cultura e da buva, resultados de pesquisa mostram que diclosulam e sulfentrazone apresentam certo nível de eficiência sobre esta espécie. De maneira geral, deve-se tomar cuidado com herbicidas com ação no solo, podem causar toxicidade à própria cultura onde são aplicados, ou a culturas em sucessão", descrevem eles sobre o controle químico. "Em pós-emergência, a buva é de difícil controle, e as opções Chlorimuron ou Cloransulam, além de poucas, apresentam níveis finais de controle insatisfatórios".

Clique aqui e acesse a matéria completa.

Data: 23/10/2019
Fonte: A Granja

Últimas notícias