A força e o protagonismo que nascem da cooperação

As cooperativas agropecuárias dão suporte a mais de 1 milhão de associados no campo e movimentaram 13,5% do PIB do agro brasileiro no ano passado. Atualmente, para poderem seguir crescendo, as instituições têm ampliado os investimentos em projetos como expansão de unidades, melhoria das estruturas, além da diversificação de atividades, e até na intercooperação enter as cooperativas. E o tema cooperativismo é o assunto da reportagem de capa da edição de dezembro d'A Granja.

Afinal, das 6.887 cooperativas brasileiras, 1.618 são agropecuárias. Mas o sistema vai muito além de números. “Amparando a diversificação de atividades e funcionando como vetor de transferência de tecnologias, as cooperativas têm propiciado caminhos para fixação do homem no campo, com incremento de renda e qualidade de vida”, ressalta um dos entrevistados, o analista técnico e econômico da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), João Prieto. Uma das abordagens da reportagens é um projeto de intercooperação entre as cooperativas paranaenses Frísia, Castrolanda e a Capal que levou, entre outras iniciativas, a criar a marca Unium, que responde por mais de R$ 7 bilhões em faturamento anual, por cerca de 5 mil famílias cooperadas.

Data: 06/12/2018
Fonte: A Granja

Últimas notícias