Espaço do Leitor

CONTROLE DO ENFEZAMENTO

Quais medidas podem ser adotadas para controlar os enfezamentos no milho? Grato pela informação.

João Luiz Fontana Alexânia/GO

R – Prezado João Luiz, não há uma medida altamente efetiva capaz de, isoladamente, controlar os enfezamentos. Segundo os pesquisadores da Embrapa, a utilização de medidas preventivas pode reduzir ou evitar a incidência do problema. É importante enfatizar que saber identificar essas doenças é condição essencial para se adotar medidas para escapar da sua ocorrência e evitar reduções em produtividade, ou grandes perdas. Medidas para escapar ou ao menos minimizar sua incidência necessitam ser simultaneamente adotadas por todos os produtores de milho, quando, ocorrendo em alta incidência, estejam causando prejuízos expressivos em determinada região. Essas medidas incluem, essencialmente: eliminar o milho tiguera, evitar semeaduras vizinhas a lavouras com alta incidência das doenças, tratar as sementes com inseticidas, diversificar e rotacionar cultivares de milho, sincronizar ao máximo a época da semeadura. Cultivares resistentes, se disponíveis, devem ser rotacionadas para evitar adaptação de variantes dos patógenos e perda da resistência ao longo do tempo de cultivo por vários anos seguidos.


EXPORTAÇÕES DE MEL

Espaço

Tenho interesse em saber mais sobre as exportações de mel do Brasil. Quais são os principais compradores? Obrigada.

Beatriz Moraes Sorocaba/SP

R – Cara Beatriz, de acordo com a Associação Brasileira dos Exportadores de Mel (Abemel), cerca de 60% da produção do País é exportada. Desde 2016, as vendas externas registram crescimento. Em 2020, foram exportada...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!