Espaço do Leitor

TRIGO DE DUPLO PROPÓSITO

Espaço

O que difere o trigo comum do trigo de duplo propósito? Obrigado.

Pedro Vicente Moreira
Maringá/PR

R – Caro leitor, segundo os pesquisadores da Embrapa, morfologicamente, os trigos de duplo propósito não diferem dos trigos comuns, mas destacam-se por ciclo mais longo, por maior perfilhamento e tolerância ao pastejo, pois foram selecionados mediante desfolha com inclusão de bovinos no processo seletivo. Os grãos colhidos de cultivares indicadas para duplo propósito têm usos diversos e idênticos aos do trigo comum. O cereal de duplo propósito permite expandir o período de cobertura do solo pela semeadura antecipada, minimizar os riscos climáticos pela diversificação de época de semeadura e de cultivares, aumentar a oferta de forragem principalmente para bovinos leiteiros e de corte no período frio e diminuir o investimento em pastagens tradicionais de aveia e azevém.


ERVA-MATE GAÚCHA

Qual é a realidade atual da produção de erva-mate no Rio Grande do Sul? Grato pela informação.

Carlos Rodrigues
Camaquã/RS

R – Prezado Carlos, a área com ervais alcança 31,6 mil hectares em cinco polos produtivos no estado: Missões/Celeiro (Palmeira das Missões), Alto Uruguai (Erechim), Nordeste Gaúcho (Machadinho), Alto Taquari (Ilópolis) e Região dos Vales (Venâncio Aires). A produção foi de 277 mil toneladas de folha, segundo dados do último levantamento realizado em 2020 e que considera as perdas pela estiagem durante a safra. Os números integram diagnóstico da Secretaria da Agricultura e da Emater/RS.

[email protected] ou acesse www.agranja.com twitter.com/agranjaeag facebook.com/agranjaeag

...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!