Herbert & Marie Bartz

O QUE FAZEMOS EM VIDA ECOA PELA ETERNIDADE

Herbert

Pois a certeza que temos quando aceitamos vir para essa existência é que em algum momento partiremos. E em 29 de janeiro de 2021 foi o dia de Papi, Herbert Bartz, seguir para as outras dimensões. O alemão louco de Rolândia/PR, como ficou conhecido que plantava na marmelada (mato) revolucionou a agricultura brasileira e mundial ao iniciar a adoção do plantio direto em sua propriedade, a lendária Fazenda Renânia, para evitar os problemas causados pela erosão em 1972. Bartz, junto com outros agricultores, não mediram esforços, investindo recursos próprios e abdicando do convívio com a família para difundir o que chamaram de Sistema Plantio Direto no Brasil e no mundo, tornado a nossa agricultura um modelo a ser seguido devido à sustentabilidade que o SPD propicia.

Herbert

Papi trilhou sua caminhada de forma esplendorosa, deixando um legado único e inestimável. Um orgulho que desde sempre não cabe dentro do peito! Chegou o momento deste nosso gigante descansar. Papi, desejo que sua passagem seja tranquila, cheia de muito amor, paz e luz. E como escrevi a Papi numa dedicatória em um livro no último Natal: “O que fazemos em vida, ecoa pela eternidade!”, General Maximus, em O Gladiador.

Herbert Bartz é produtor rural e precursor do plantio direto no Brasil, e pai de Marie Bartz, bióloga, pesquisadora e professora da Universidade Positivo, pesquisadora na Universidade de Coimbra


Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!