Adubação

Ferramentas para a aplicação de UREIA A LANÇO

O modo de disponibilizar às plantas os fertilizantes nitrogenados é o grande desafio das tecnologias adotadas nos equipamentos para garantir qualidade na distribuição com alto rendimento operacional

Daniel Petreli da Silva e Gustavo Barbosa Micheli, da Jacto, e Marcus Vinícius Corradi Leal, da Fundação Mato Grosso

A nutrição de plantas tem um papel fundamental no processo de cultivo, garantindo que a cultura responderá com seu máximo desempenho e produtividade, caso haja níveis ideais de nutrientes disposníveis no solo, além das boas práticas agronômicas. A utilização de fertilizantes se torna uma prática essencial na produção, visando proporcionar o balanço nutricional ideal para a cultura até o final do ciclo de produção (colheita). Por meio de análises química, física e biológica do solo, é possível ter, de forma estruturada, as quantidades de nutrientes disponíveis e, posteriormente, recomendar quais desses serão necessários distribuir na área de cultivo de acordo com a cultura que será estabelecida no local. O nitrogênio (N), comparado com o fósforo (P) e o potássio (K), é o macronutriente mais demandado pelos cultivos e está relacionado diretamente com a produtividade e com a qualidade dos grãos colhidos. É importante ressaltar que todos os nutrientes são essenciais para proporcionar altas produtividades, e cada um tem a sua importância no desenvolvimento da cultura.

Na Tabela 1, é possível notar a concentração de cada nutriente presente no produto colhido, demonstrando a importância de se realizar a reposição das fontes, pois, dependendo da cultura, a quantidade de nutrientes exportados é alta. Nessa tabela, pode-se observar que, para as culturas listadas, o nitrogênio ocupa a maior parte na composição dos produtos colhidos, quando comparado aos demais macronutrientes. O uso de fertilizantes nitrogenados sólidos se torna indis...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!