Mecanização

Seu TRATOR está adequado ao trabalho?

A máquina ajustada à operação a desempenhar vai ter menos desgaste de pneus, peças e componentes, assim como consumirá menos combustível. Além de propiciar melhor qualidade de trabalho

Leonardo Casali, Marcelo Silveira de Farias, Hêmilli Bairros, Junior Osmari & Mateus Cella, da Universidade Federal de Santa Maria

A introdução da mecanização agrícola nas propriedades rurais permite que trabalhos sejam realizados com pouco esforço físico do agricultor. Isso se deve, principalmente, graças ao uso do trator agrícola, que permite tracionar reboques e implementos, por meio da barra de tração, além de acionar sistemas hidráulicos, através das válvulas de controle remoto (VCR) e sistemas mecânicos, por meio da tomada de potência (TDP). Os diversos sistemas existentes nos tratores os tornam máquinas versáteis na execução de atividades de interesse agrícola. Essas atividades ou operações agrícolas apresentam grande variação de requisitos, que os tratores devem atender, para executá-las da melhor maneira possível. Por exemplo, um implemento acoplado ao sistema de levante hidráulico de três pontos deve ter seu peso considerado na relação peso/potência e distribuição de peso do trator. Já quando o implemento está acoplado à barra de tração, seu peso deve ser desconsiderado.

Além disto, as diversas operações que são executadas em uma propriedade rural no decorrer de um ano agrícola também apresentam características que classificam as mesmas em relação à demanda de tração, por exemplo. Uma operação considerada pesada é aquela que, durante sua execução, ocorre interação dos órgãos ativos do implemento com o solo, que impõe resistência mecânica, por isso demanda maior força de tração do trator. Quando esta interação é inexistente, caracteriza-se a operação como leve, por apresentar baixa demanda de tração. Para operações que demandam certa força de traç...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!