Agribusiness

ALGODÃO Cotação interna atinge melhor nível desde julho de 2018

Rodrigo Ramos - [email protected]

O retorno da demanda interna num cenário de dólar valorizado e os preços internacionais em elevação vêm resultando em altas expressivas para os preços domésticos do algodão, segundo o analista de Safras Élcio Bento. Ao final da primeira quinzena de outubro, a média no Cif de São Paulo atingiu R$ 3,47/libra-peso, o maior nível desde 6 de julho/2018. No Fob Santos/SP, a fibra fechou negociada a 61,60 centavos de dólar por libra-peso no dia 15. Em relação ao contrato de maior liquidez na Ice Futures, a pluma brasileira era 11% mais acessível. “Isso mostra que, mesmo com uma alta expressiva das cotações em reais no País, a pluma segue competitiva no mercado externo”, destaca Bento. Com as indústrias têxteis voltando a operar em plena capacidade, a tendência é que as cotações no Brasil busquem um ajuste ao nível de paridade de exportação. “Com o agravamento da pandemia da Covid-19 em meados do mês de março, as fiações reduziram ou até interromperam suas operações, permanecendo assim por cerca de três meses”, lembra. “O auxílio emergencial oferecido pelo Governo, combinado com um clima mais frio, gerou um retorno da demanda, especialmente em lojas menores e no e-commerce”, enumera Bento. Esse movimento fez com que os estoques de fios fossem praticamente zerados. “Quando as indústrias têxteis retornaram ao mercado, encontraram uma realidade de preços diferente e precisaram se ajustar a ela, mesmo que com redução de suas margens.”


TRIGO Mercado acompanha preços durante colheita

Gabriel Nascimento - [email protected]

O mercado brasileiro de trigo tem preços firmes, apesar do avanço da colheita nos principais estados produtores. Segundo o analista de Safras & Mercado Jonathan Pinheiro, os compradores estão relativamente bem abastecidos, e o...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!