Glauber em Campo

SEM PODER USAR O PARAQUAT. E AGORA?

O Paraquat teve o seu primeiro registro em 1962, na Inglaterra (ICI); posteriormente, nos Estados Unidos da América, em 1964; e no Brasil, na década de 1970 – atualmente está registrado em mais de 100 países. No Brasil, o herbicida era usado para a dessecação pré-plantio e pré-colheita. Usado como jato dirigido em culturas anuais e perenes, o Paraquat foi uma ferramenta muito importante para o plantio direto no controle de ervas daninhas e, atualmente, tinha uma importância muito grande no controle da buva, uma erva que se tornou resistente ao glifosato.

Na soja, tinha um papel fundamental na dessecação para a colheita – o herbicida tem a função de adiantar a colheita de seis a oito dias, também padronizando a soja, evitando perda. A antecipação da colheita se tornou muito importante para o plantio da segunda safra, no qual se planta o milho. O fato de se adiantar alguns dias significa muito em produtividade, uma vez que, no milho, cada dia de atraso pode significar de três a cinco sacas de milho por hectare.

O Paraquat está há nove anos passando por uma reavaliação toxicológica. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu banir o uso deste produto no Brasil. Sendo assim, dia 22 de setembro foi o prazo final para a utilização do produto, sendo proibida, agora, sua fabricação, comercialização e utilização. Muitos produtores que tinham adquirido o produto para utilizar nesta safra 2020/21, agora, estão com um problema na mão e em estoque.

A atual legislação define, ainda, as características proibitivas de registro de pesticidas no Brasil e determina que os ingredientes ativos podem ter seus registros cancelados quando se enquadrarem nas seguintes condições relacionadas à saúde humana: não possuírem antídoto ou tratamento eficaz no Brasil; serem considerados teratogênicos, carcinogênicos ou mutagênicos; provocarem distúrbios hormonais e danos ao aparelho reprodutor...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!