Primeira Mão

3,2%

Primeira

É a projeção de crescimento do PIB da agropecuária para 2021. A estimativa é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que reduziu a expectativa de 2% para 1,5% para este ano. O desempenho de 2020 deverá ser sustentado pelos crescimentos da produção de soja (5,9%), arroz (7,3%), trigo (41%), cana (2,4%) e café (18,2%). Já a produção de carne bovina vai encolher 6,3%.3,2% É a projeção de crescimento do PIB da agropecuária para 2021. A estimativa é do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), que reduziu a expectativa de 2% para 1,5% para este ano. O desempenho de 2020 deverá ser sustentado pelos crescimentos da produção de soja (5,9%), arroz (7,3%), trigo (41%), cana (2,4%) e café (18,2%). Já a produção de carne bovina vai encolher 6,3%.


8%

A estimativa de aumento da produção de grãos da safra 2020/2021, para o recorde de 278,7 milhões de toneladas, segundo o levantamento de agosto da Conab. Destaque para a soja, com 133,5 milhões de toneladas e 3% de área a mais (37,86 milhões de hectares), e para o milho, com 112,9 milhões de toneladas e 19,78 milhões de hectares (+7%).

Ressalta-se, ainda, a projeção positiva do arroz, com aumento da área em 12% e produção prevista de 11,98 milhões de toneladas. E, como negativa, a do algodão, com encolhimento de 11% na extensão e 12% na produção, visto que a pandemia tem prejudicado fortemente o segmento.


RECORDE AMERICANO

Primeira

Os Estados Unidos deverão colher sua maior safra de milho e a segunda mais volumosa de soja até hoje, conforme projeções do USDA. E seriam as maiores produtividades das duas culturas. A previsão é de 388,08 milhões de toneladas de milho e 120,42 milhões de soja.


1milhão

De apólices de seguro contratadas dentro do Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural. Em meados de agosto, esse número foi atingido pelo programa criado em 2005 e que é subsidiado com recursos do Governo Federal. Para se ter uma ideia da evolução, em 2006, foram atendidos 16,4 mil produtores e coberto 1,8 milhão de hectares, e, neste ano, a expectativa é de 160 mil e 15 milhões.


Comando feminino na Bayer

Primeira

A Bayer tem nova liderança para a Divisão Agrícola no Brasil: a executiva Malu Nachreiner assume, no lugar de Gerhard Bohne – que estava há 34 anos na empresa. Malu, que liderava a área de Marketing para a América Latina, é engenheira-agrônoma e tem mais de 15 anos de Bayer, na qual ocupou posições de liderança nas áreas de Vendas, Operações Comerciais e Marketing. A Bayer será a primeira multinacional do setor no Brasil a ter uma mulher no comando.


Mais defensivos

O Diário Oficial da União de 20 de agosto publicou o registro de 28 defensivos. Destes, cinco são inéditos, com o ingrediente ativo piroxasulfona, isoladamente ou em mistura; dez são biológicos microbiológicos; e um é feromônio. Assim, em 2020, já são 56 novos produtos de baixo impacto. “É um recorde (em um ano) que contribui imensamente para a sustentabilidade da agricultura nacional, pois os produtos biológicos e microbiológicos não deixam resíduos nas culturas”, ressalta o coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins do Ministério da Agricultura, Bruno Breitenbach.


Soja sobre rodas

Primeira

O agronegócio demandou 10,3% a mais de fretes rodoviários de janeiro a julho no comparativo ao mesmo período de 2019. O crescimento decorre do forte ritmo do transporte de soja para embarques para a China. Só em julho, as exportações do grão aumentaram 33,7% com relação ao mesmo período de 2019, ou 8,02 milhões de toneladas.

O pessoal do campo foi quem manteve as prateleiras cheias para que o povo brasileiro pudesse manter o distanciamento social e tentar furar essa primeira onda do vírus. Com muita dificuldade, mas com valentia, estamos atravessando. O Brasil praticamente não foi atingido nas exportações.” Elogio ao campo do ministro da Economia, Paulo Guedes, em live da Frente Parlamentar da Agropecuária.