Herbert & Marie Bartz

MEMÓRIAS DE BARTZ – VIAGENS DA JUVENTUDE: CONHECENDO O LITORAL SUL DA EUROPA

Continuamos, nesta edição, contando as histórias vividas por Herbert Bartz na juventude. Em início de agosto de 1957, aos 20 anos, Bartz e um amigo partiram por cinco semanas para conhecer o sul da Europa no modo hitchhiking, pedindo carona. Herbert Bartz: “Essa foi a mais ambiciosa de nossas viagens, para conhecer o sul da Europa: Espanha, França, Itália e Suíça. E o plano já falhou logo no início. Pegamos carona com um ônibus vazio que ia da Dinamarca para a Espanha, mas, na divisa da França com a Espanha, fomos obrigados a desembarcar, porque não tínhamos o visto para entrar na Espanha. Acabamos seguindo para o litoral sul da França, pois queríamos passar por Côte d’Azur, também chamada de Riviera Francesa, e seguir rumo à Itália.

Nossa primeira parada foi na cidade de Perpignan, aos pés dos Pirineus, a cordilheira natural que faz a fronteira entre França e Espanha. Lá, conhecemos um grupo de jovens moças japonesas e acabamos por participar de um luau à beira-mar. Essas moças queriam nos ensinar a fumar, mas eu tentei usar a desculpa de que praticava atletismo na escola. Elas não aceitaram a justificativa e insistiram, até que acabei experimentando fumar. Nós também estávamos tomando muito vinho e, de repente, me senti em um labirinto. Quando olhei para as moças, elas tinham se ‘transformado’ em bruxas e fiquei completamente transtornado. Após algum tempo, recuperei a minha consciência e quis saber do meu ‘pesadelo’. ‘Às vezes, a trip sai mal!’, foi a resposta de uma das moças. E percebi que tinha caído numa armadilha, que o tal fumo era, na verdade, ‘erva’. Mas essa experiência me deixou vacinado para toda a minha vida e jamais tornei a provar.

Continuamos a viagem nos dias que se seguiram, e nosso último pernoite na França foi em Aix-en-Provence, já próximo da divisa com a Itália, uma cidade universitária na região alpina perto do Mar Me...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!