Glauber em Campo

O QUE ESPERAR PARA 2020

Glauber Silveira

Fim de ano é o momento de fazer um balanço. Um evento realizado pela Aprosoja Brasil em Brasília foi muito feliz em fazer a análise de 2019 e também mostrar o que se espera para 2020, e estiveram presentes as principais lideranças do agronegócio brasileiro. Vou tentar traduzir aqui um pouco do que eles expressaram. Ficou claro, pelas apresentações, que o Brasil tem contribuído com a alimentação do mundo, exportando produtos de qualidade para mais de 160 países, como bem colocou a ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

A ministra mencionou a responsabilidade de o Brasil responder com velocidade as demandas globais, e que existem oportunidades enormes no cenário global, seja produzindo uma alfafa específica para determinado país ou um grão-de-bico para o Oriente Médio. O grande desafio é a burocracia e a comprovação da sanidade. O mundo, hoje, exige protocolos que atestem que o que irá chegar à mesa do consumidor foi produzido dentro da mais adequada responsabilidade ambiental, social e de sanidade.

Em 2019, o agronegócio brasileiro deu, mais uma vez, respostas na balança comercial brasileira, impulsionando o PIB. A ex-senadora Ana Amélia disse, no evento, que o Brasil está com uma oportunidade única e, por isso, aumenta a nossa responsabilidade e os riscos. Ficam claras, com essa fala, a necessidade de melhoria nos processos produtivos, a necessidade da extensão rural, da pesquisa e sua difusão. Daí me preocupa o fato de estarmos investindo apenas 1,2% de seu PIB em pesquisa, e, pior, o Governo cortou pela metade o investimento em extensão – que já era baixo.

O deputado Alceu Moreira, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), disse que, hoje, a conectividade é tão importante quanto a terra e a água, pois sem ela não temos competitividade. Afinal, a conectividade contribui para o uso racional dos insumos agrícolas, hoje tão ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!