Palavra de Produtor

APARÊNCIAS E REALIDADE

Ocorrem situações no Velho Continente, isto é, no âmbito da União Europeia (UE), as quais provocam perplexidade. Na Hungria, de Viktor Orbán, pessoas de seu entorno se apropriaram de largas fatias de terras agrícolas. As exploram e, em consequência, recebem os gordos subsídios da Política Agrícola Comum (PAC), com a complacência das autoridades de Bruxelas. Na comuna de Matera, Sul da Itália, a força de trabalho empregada para a colheita de tomates e de laranjas é basicamente composta por emigrantes africanos. Esses são submetidos a longas jornadas de trabalho, recebem baixa remuneração e vivem em condições insalubres. Tem sido feitas denúncias públicas, que se trata de trabalho escravo. Situações análogas se verificariam na colheita de uvas em Portugal, na Espanha e na França.

Onde estão a Organização Internacional do Trabalho (OIT), a Igreja Católica e as comissões do parlamento europeu para tratar dessas denúncias? O consumidor em Roma, ao comer uma pizza recoberta por molho de tomates produzidos possivelmente em Matera, não será cúmplice dessa exploração da força de trabalho africana, em condições de escravidão? A ironia é que a legislação jurídica ocidental é assentada no Direito romano e a sede visível do cristianismo é Roma, tão próxima de Matera, na Basilicata. Esse relato é possível porque as notícias, hoje, instantaneamente, percorrem a face da Terra permitindo fazer comparações do tratamento recebido, entre países, no comércio global. Os grupos e as comissões de trabalho no âmbito do parlamento da União Europeia e as decisões dos países membros que poderão chancelar o Tratado Mercosul-UE fornecerão, ao final, radiografia de como trabalham para proteger, a qualquer preço, os seus mercados.

Por outro lado, o Brasil precisa virar a chave do olhar e mirar aquele que será o grande mercado para a produção agropecuária brasileira: o Extremo Oriente. Importantes obras de logís...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!