Plantio Direto

Diagnóstico do SPD pelo ÍNDICE DE QUALIDADE PARTICIPATIVO (IQP)

Antes de definir pela compra do trator, é fundamental ao pequeno agricultor detalhar o planejamento da futura utilização da máquina por meio de critérios técnicos e econômicos, para, assim, escolher – e acertar – a marca e o modelo a ser levado para casa

Jeankleber Bortoluzzi e Jônadan Hsuan Min Ma, da Federação Brasileira do Plantio Direto e Irrigação (Febrapdp)

A despeito de o Brasil ser considerado um exemplo quando o assunto é agri-cultura conservacionista através do sistema plantio direto (SPD), nos últimos 15 anos, foi observado um grande retroces-so na qualidade do sistema, principalmente pelo retorno de uso de grades, pela falta de cobertura do solo e pela eliminação dos terraços. Isso trouxe novamente um gran-de problema como a erosão, que impacta diretamente os canais de rios, lagos e nas-centes, além das perdas diretas do solo e da produtividade. Preocupada com a evolução desses problemas, a Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação (Febrapdp) apresentou uma proposta de projeto à Itaipu Binacional para resgatar a qualidade do SPD na Região Oeste do Paraná, mais precisamente na bacia do Paraná III, de contribuição para o reservatório de Itaipu, cuja longevidade precisa ser garantida com a mitigação do assoreamento da represa.

Plantio

O IQP avalia a qualidade do SPD de uma lavoura, atribuindo-lhe uma nota de 0 a 10 obtida a partir de 26 respostas relacionadas ao manejo

Com esse projeto, em 2009, iniciaram-se as atividades para criação da ferramenta Índice de Qualidade Participativo do Sistetrata-se de uma metodologia participativa para avaliar a qualidade do SPD, desenvol-vida pela Febrapdp, com o apoio da Itaipu Binaci...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!