Abag

Momento decisivo para sustentar o crescimento

Congresso

Denise Saueressig* [email protected]

O Congresso Brasileiro do Agronegócio, promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), realizado no mês passado, em São Paulo, reuniu lideranças e produtores em debates sobre os grandes desafios do setor

Uma série de mudanças no mercado e a revolução de hábitos de consumo são fatores que promovem um ambiente ímpar para o presente do agro no Brasil. O presidente da Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Marcello Brito, acredita que o setor pode ser a ferramenta para atacar a desigualdade econômica no País. “O crescimento do agro nos últimos 40 anos é surpreendente, mas o avanço do País, como um todo, faltou. Estamos entregando para a próxima geração um desenvolvimento aquém do que alcançamos no agro”, destacou o dirigente durante o Congresso Brasileiro do Agronegócio, evento realizado pela Abag e B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), no dia 5 de agosto, em São Paulo.

Para que o setor continue em expansão, no entanto, Brito reconhece que é preciso superar uma série de desafios que tem impactos diretos sobre a produção e que transita em diferentes áreas, como é o caso do impacto das mudanças climáticas, a rastreabilidade da produção e o desmatamento ilegal. “Para nos mantermos no caminho do crescimento, precisamos de um novo modelo econômico, assim como devemos enxergar a sustentabilidade como algo que nos dá reconhecimento”, disse.

Presente no evento, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ressaltou que as projeções para o crescimento da população mundial nas próximas décadas exigem que o agronegócio responda às demandas atuais e às potenciais ameaças com avanço nas tecnologias que são imprescindíveis à segurança alime...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!