Vitrine

A vitória não tem segredos: é o básico bem feito

A proposta inicial do especial veiculado nesta edição da revista A Granja – um relato detalhado sobre cinco campeões do 11º Desafio Cesb de Máxima Produtividade de Soja – era revelar os segredos dos campeões. Ou seja, compartilhar com todos os produtores de soja como é possível e viável extrair mais de uma centena de sacas de soja em um hectare, enquanto a média da produtividade brasileira não rompe o patamar de 55 sacas nos mesmos 10 mil metros quadrados. Então publicamos artigos de consultores vinculados ao Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb) sobre o campeão nacional e os quatro campeões regionais do concurso, textos nos quais são descritas as suas ações para alcançarem os merecidos topos. E a síntese dos “segredos” dessas vitórias é a seguinte: o básico, o já conhecido e comprovado, praticado em cada um dos centímetros quadrados da lavoura. Não precisamos de sete chaves para abrir os segredos. Nenhuma fórmula mágica ou um insumo revolucionário. Apenas práticas que são de domínio público e, portanto, passíveis de serem implementadas por todos os produtores, independentemente do tamanho, da região, do poderio e do investimento econômico. Portanto, o que se verá nas páginas a seguir pode ser empreendido por todos. E isso é bom. Nestes dias de setembro em que mais de 35 milhões de hectares começam a ser semeados com a oleaginosa, esse especial sobre os campeões do Desafio Cesb é uma aula sobre como produzir mais e melhor.

A edição publica, ainda, outros artigos técnicos que podem colaborar com uma safra mais exitosa. A exemplo, como e quando utilizar o gesso para corrigir o solo? Em outra abordagem, o relato da Fundação MT sobre a experiência em cultivar solos arenosos. Da mesma forma, um trabalho expõe as explicações entre a produtividade real, a que a plataforma da colheitadeira arranca do solo e a potencial – que poderia ter sido obtida, mas não foi.

E tem mais, muito mais, para a edição deste abençoado setembro, mês em que as plântulas de soja e de outras culturas de verão começam a romper a superfície do solo e esverdear milhões de hectares.

Vitrine

Uma ótima safra! E sem segredos!