Vitrine

CUSTOS: ENFRENTE-OS SEM ECONOMIZAR CAPRICHO

Devemos iniciar este ciclo com o maior custo de produção da história. Adubos, defensivos e sementes estão mais caros, e a média de produtividade do País não aumenta na mesma proporção, o que pode impactar na rentabilidade.” Essa preocupante declaração do produtor Bartolomeu Braz Pereira, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), está no primeiro parágrafo da nossa Reportagem de Capa desta edição, cujo propósito foi estimar, descrever, antever o que será da safra brasileira de verão 2019/20 de soja, milho, arroz e algodão. As culturas que, em breve, em alguns dias ou semanas, estarão esverdeando nossas planícies, de Sul a Centro-Oeste, de Norte a Matopiba. Os custos, sim, estão pesados, impiedosos, mas ninguém se surpreenda caso, em alguns meses, o Brasil venha a bater, outra vez, o recorde da produção de grãos, que foi quebrado nesta recente safra 2018/19. Basta, para tanto, que seja seguido o que sugere outra abordagem desta edição, na seção O Segredo de Quem Faz: “A principal dica ou conselho que eu quero deixar para os demais produtores é que temos que fazer o básico bem feito. O que é o “básico bem feito”? Chama-se ‘agricultura do capricho’”, prega o produtor gaúcho Maurício de Bortoli, nada menos do que o vencedor nacional do concurso Desafio Cesb da Máxima Produtividade de Soja, que obteve mais 123 sacas de soja/hectare na lavoura diferenciada para o concurso.

E a “agricultura do capricho” mencionada pode ser obtida a partir das orientações contidas nas demais abordagens desta edição. Basta ver os artigos sobre Soja e Milho que se seguem à Reportagem de Capa. “A estratégia PPP (perfil, palha e plano de manejo) surge como uma proposta de planejamento com foco em todos os fatores que interferem no desenvolvimento das plantas e impactam diretamente na produtividade”, destacam pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo sobre como cultivar adequadamente uma lavoura de milho. “A estabilidade de produção está em se fazer o básico bem feito e com precisão”, lembra a autora de artigo sobre a “safra perfeita” de soja.

E tem mais, muito mais: adubação da soja, tratamento das sementes da oleaginosa com fungicidas, a importância do monitoramento de pragas e assim por diante.

No que depender de nós – e de vocês, produtores e gestores –, a safra 2019/20 não terá nenhuma surpresa: será caprichosamente de mais um recorde.

Vitrine

Boa leitura! Ótima safra de verão!