Agribusiness

CAFÉ

Safras aponta comercialização 2018/19 do Brasil em 86%

Lessandro Carvalho - [email protected]

RSA comercialização da safra de café 2018/19 (julho/junho) chegou a 86% até 13 de maio. O dado faz parte de levantamento de Safras & Mercado. Em abril, a comercialização avançou em quatro pontos percentuais. As vendas estão atrasadas em relação ao ano passado, quando 90% da safra 2017/18 estava comercializada até então. A comercialização está também abaixo da média dos últimos cinco anos, que é de 91%. Com isso, já foram comercializadas 55,05 milhões de sacas de 60 quilos, tomando-se por base a estimativa de Safras & Mercado, de uma safra 2018/19 de café de 64,1 milhões de sacas. Segundo o consultor de Safras & Mercado, Gil Barabach, as vendas de café do Brasil seguem em ritmo compassado. “Os preços fracos e a demanda mais curta continuam impactando o andamento da comercialização no disponível. A produção recorde colhida no ano passado também dificulta o avanço percentual das vendas”, avalia Barabach. “O interessante é que esse volume recorde explica tanto a performance na exportação como os armazéns cheios para o período do ano”, avalia. E gera uma situação peculiar, na qual a demanda externa está bem comprada da origem Brasil e ainda há sobra de café nos armazéns por aqui. Já a comercialização da safra nova 2019/20 girou ao redor de 17% da produção no início de maio.


MILHO Mercado reage com clima adverso ao plantio nos Estados Unidos

Arno Baasch - [email protected]

O mercado de milho encerrou maio com um cenário mais favorável aos negócios. O País se prepara para colher uma safrinha expressiva, superando as 70 milhões de toneladas, e seria natural que o quadro de preços se mantivesse em baixa, com volumes significativos ingressando no mercado entre o final de maio e por 90 dias. Segundo o anal...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!