Especial Antônio Chavaglia

Chegou a hora de colocar a casa em ORDEM

Especial

O ano começa com novos governantes estaduais e em Brasília, além de uma nova equipe econômica, novos senadores e deputados federais. O desafio é que eles todos tenham consciência que precisam se submeter a uma mudança radical em relação ao comprometimento com a sociedade. O recado foi das urnas

Antonio Chavaglia, presidente da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo)

Mais um ano se encerrou, e os raios de 2019 se apresentam. Será um ano em que teremos novos governantes, tanto em nível estadual quanto federal, além de novos integrantes no Congresso Nacional. Teremos, também, uma nova equipe econômica e muitas promessas que, na sua maioria, dependem de nossos deputados e senadores. Talvez este seja um dos primeiros desafios dos novos governantes: fazer com que haja uma mudança radical na forma de pensar de boa parte deles. Caso contrário, tanto o pre- Fotos: Divulgação sidente quanto os governadores terão muito trabalho. Por outro lado, existe uma esperança muito grande neste novo ciclo governamental. Esperança de que a casa seja colocada em ordem, de que, cada vez mais, as pessoas sintam mais responsabilidades e de que os políticos tenham mais comprometimento com a sociedade. O recado foi dado nas urnas.

Sabemos que não é de um dia para o outro que tudo se resolverá. Pode demorar de seis meses a um ano para as coisas se alinharem e o País fazer as reformas necessárias. Como é o caso da reforma da Previdência ou mesmo a privatização de estatais, que estão dando prejuízos à sociedade e que vêm servindo de cabide de emprego nos últimos anos, tanto na esfera estadual quanto federal. Tudo isso tem sido um grande peso para os cidadãos, que são o...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!