Glauber em Campo

AVANÇOS QUE PRECISAM SE CONSOLIDAR EM 2019

Glauber

O ano passado, para a maioria das pessoas, foi marcado como uma grande tragédia – reflexo de uma crise político-econômica altíssima, que levou milhares de brasileiros a perderem seus empregos (alguns demitidos às vésperas do Natal), quando muitos sonhavam em receber um brinquedo; outros, que Papai Noel existe; enquanto outros sonham que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, vai resolver todos os problemas e que, no dia 1º de janeiro, tudo já seria diferente. Como se ele tivesse uma varinha mágica para fazer com que todos sejam felizes. Por outro lado, há os mais pessimistas que estão torcendo para que tudo dê errado, daí podem dizer: “Eu avisei! Sabia que não ia dar certo, viu? Vocês se atiraram de cabeça em uma aventura, e agora? Eu disse que seria melhor ter votado neste ou naquele partido”. E, assim, sejam expectativas positivistas ou negativistas, sejam por sonhos irreais ou por uma torcida aborrecida, independentemente das previsões, o Brasil continuará aí, no Hemisfério Sul, e com muitas coisas a resolver. Espero que muitos reflitam suas posições e, ao invés de só torcer, façam sua parte. Quero, com esta fala, dizer do trabalho em meio à crise que nossas instituições têm feito. O exemplo maravilhoso da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), que chega ao auge de sua organização e liderança sendo protagonista e indicando não só a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, mas tendo uma influência jamais vista frente a um Governo, visto que o presidente eleito pela longa experiência de Congresso Nacional sabe o momento e a importância não de partidos, mas de bancadas, e a bancada do agronegócio já mostrou sua força e, acima de tudo, fidelidade, o que é muito valorizado no meio político. Outro papel importantíssimo em 2018, fazendo u...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!