Agricultura 4.0

BRASIL & CANADÁ

Agricultura

Carlos Otoboni

Sem dúvida alguma, o Canadá é um dos melhores países para se viver no mundo, com um dos maiores índices de desenvolvimento humano (IDH) do planeta. Todavia, acredito que muitos desconheçam que a agricultura tem sido a força econômica vital desse país ao longo do tempo. Segundo dados do governo canadense, lá, existem 480 mil fazendeiros, que produzem, principalmente, grãos, frutas, legumes, madeira, carnes e leite. Somente a área plantada com trigo, na região das pradarias, chega a 14 milhões de hectares, que produzem cerca de 36 milhões de toneladas desse grão. O Canadá possui o segundo maior território do mundo, e estima-se que existam 70 milhões de hectares agricultáveis. Juntamente com a forte indústria alimentícia, o agronegócio canadense responde por mais de 8% do seu PIB.

Estima-se, também, que mais de 500 empresas já estejam estabelecidas neste mercado bilateral, contudo, são aquelas grandes e que utilizam programas próprios ou governamentais para isso. Através da iniciativa de brasileiros que vivem no Canadá, recentemente, foi constituída a Federation of Canadian-Brazilian Businesses – FCBB (www.fcbb.org), que visa atender e facilitar relações comerciais e tecnológicas de pequenas e médias empresas entre os países. Como exemplo, se você é um produtor de café gourmet ou um pequeno empresário e deseja iniciar um processo de exportação/importação ou estabelecimento do seu negócio naquele país, essa organização pode lhe ajudar a se conectar com as instituições que vão permitir que você atinja seu objetivo.

Acredito que os leitores já ouviram falar em duas empresas canadenses que já operam fortemente na nossa agricultura, a Novatel e a Farmers Edge. Ambas são importantes parceiras da Fatec Shunji...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!