Matéria de Capa

MAIS QUALIDADE NA IRRIGAÇÃO

null

O planejamento correto da irrigação é o maior aliado no uso da tecnologia. Saber com a maior exatidão possível o momento certo de acionar o pivô e a quantidade adequada de água a ser aplicada é fundamental para favorecer a economia de recursos, a sustentabilidade do sistema e o incremento da rentabilidade. Assim como podem contar com o que existe de mais moderno em equipamentos para irrigar a plantação, os produtores brasileiros também têm à disposição uma série de soluções que trabalham o manejo e a gestão de todo o processo. Em um mercado que não para de crescer no País, é importante investir em capacitação e conhecer as características e aplicações de ferramentas que podem mudar para melhor os resultados na lavoura

Denise Saueressig
[email protected]

Para que represente uma ferramenta realmente eficiente no combate ao estresse hídrico, a irrigação necessita fundamentalmente ser trabalhada com gestão adequada e manejo sustentável. São práticas e processos que podem determinar não apenas a economia de água e de energia, mas também o incremento dos rendimentos na lavoura. “Trabalhamos com equipamentos de última geração, mas se o produtor não souber o momento certo de realizar a operação ou o número de voltas que o pivô deverá dar, tudo cai por terra. Água fornecida em excesso, além do maior custo com a energia, pode ocasionar perdas de nutrientes e ocorrência de doenças, enquanto que água de menos pode prejudicar a produtividade”, resume o professor Everardo Chartuni Mantovani, do Departamento de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Viçosa/MG (UFV).

null

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista A Granja, clique Aqui e Assine Agora!