Mercado do boi gordo opera com preços acomodados

Preço da arroba recuou em diversas praças, mas especialistas afirmam sobre um novo momento de elevação nas cotações, com os frigoríficos auxiliando na valorização dos preços.

De acordo com Safras & Mercado,o preço do boi gordo no Brasil manteve-se acomodado e as cotações recuaram, atingindo patamares próximos aos analisados no início do mês. No dia 11 de novembro, a arroba atingiu o pico de R$290,00 e desde então os preços começaram a cair em São Paulo.

Já em Goiás, a negociação chegou a R$265,00, ocasionando uma grande queda comparada ao pico anterior. No entanto, este valor manteve-se acima do patamar do início do mês, onde chegou a R$260,00 para pagamento à vista.

Em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a arroba totalizou R$267,00, o que significou uma queda comparada ao pico do início do mês de R$285,00. Em Cuiabá, manteve-se a valorização com a arroba a R$267,00.

Especialistas no assunto explicam que mesmo com este momento mais contido, é possível aguardar um novo movimento de elevação nas cotações.

É importante lembrar que a oferta de gado confinado poderá auxiliar neste momento para os frigoríficos, pois devido à escassez da chuva no país, os pecuaristas estão sendo prejudicados para a criação de gado à pasto.

Data: 27/11/2020
Fonte: Redação AG

Últimas notícias