Bactérias contribuem na produção de forragens

A edição de maio da Revista Ag traz um artigo mostrando que a viabilidade técnica e econômica do uso das bactérias promotoras de crescimento vegetal, as chamadas BPCV, estão sendo analisadas pela a Embrapa Soja com o apoio de grupos de estudos de diferentes Universidades do país. Estes microrganismos são uma alternativa para fortalecer parcialmente o nitrogênio requerido pelas gramíneas forrageiras, o que reduz a necessidade de nitrogênio mineral no solo. No Brasil, o principal adubo nitrogenado utilizado é a ureia que, devido ao seu elevado teor de nitrogênio, reduz o custo por quilo de nutriente aplicado. Este fertilizante, porém, pode promover impactos ambientais negativos, o que gera perda financeira ao produtor.

Data: 18/05/2020
Fonte: Revista AG

Últimas notícias