A hora e a vez dos embriões

O aumento na demanda por genética preparada de alta performance com vistas a acelerar o ciclo reprodutivo e qualificar o rebanho brasileiro deve dar o tom do mercado de Inseminação Artificial em 2020. Segundo Alysson Resende, médico-veterinário integrante da equipe técnica de embriões da ABS, autor de artigo sobre o tema no Guia do Criador 2020, um dos grandes atrativos da Fertilização In Vitro (FIV) é sua crescente eficiência. No momento em que somente 15% do rebanho nacional é inseminado, a notícia abre um caminho promissor, especialmente quando chancelada pelos números da Associação Brasileira de inseminação Artificial (Asbia), que, até a publicação do Guia do Criador 2020, registrava crescimento de 18% na venda de sêmen em 2019 em relação a 2018.

Foto: Asbia

Data: 13/01/2020
Fonte: Guia do Criador 2020

Últimas notícias