ExpoZebu 2019 é lançada oficialmente em Uberaba

A feira que irá celebrar o primeiro centenário da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) foi lançada oficialmente na última terça-feira, 12, apresentando uma programação ainda maior, na comparação com anos anteriores, além da previsão de grande movimentação financeira. O evento foi realizado no Centro de Eventos Rômulo Kardec de Camargos, no Parque Fernando Costa, e reuniu lideranças do setor, autoridades políticas, jornalistas e formadores de opinião, que conheceram em primeira mão os detalhes da feira.

“Faltando ainda pouco mais de um mês para a abertura oficial da feira já podemos dizer, com toda segurança, que essa será a maior edição dos últimos anos. E essa garantia está em alguns números que demonstram, inclusive, a grande expectativa do público e do setor. Teremos mais leilões, mais shows e até um evento que irá colocar nossa feira no livro dos recordes. O primeiro Centenário da ABCZ, claro, merece uma grande comemoração e é isso que iremos oferecer aos visitantes da feira”, garante Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges (foto), presidente da ABCZ.

Ele reforça ainda que dessa vez a feira será realizada de 27 de abril a 5 de maio, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG), apresentando novidades nos julgamentos, e até o registro de uma nova raça. A expectativa é de que nesse período, mais de 280 mil pessoas passem pelo local, representando um crescimento de aproximadamente 20% em relação ao público da edição passada.

Uma grande programação de entretenimento e cultura também está prevista, com cinco shows nacionais, várias opções gastronômicas e uma nova mostra no Museu do Zebu.

Confira abaixo mais detalhes da 85ª ExpoZebu:

Movimentação financeira: para atender a grande demanda, a ABCZ ampliou a área comercial do Parque Fernando Costa, que, inclusive, está praticamente 100% ocupada. Com mais de 150 expositores, mais uma vez a feira deve ser marcada por uma grande movimentação financeira. Entre os atrativos, está a possibilidade de adquirir caminhonetes e utilitários a preços de fábrica.

A expectativa é de que ao longo dos nove dias de feira sejam movimentados mais de R$200 milhões, superando os R$176 milhões registrados em 2018. Boa parte dessa expectativa positiva também tem a ver com o número de leilões e shoppings de animais programados, que ultrapassa a quantidade realizada no ano passado. Dessa vez serão 33 eventos comerciais ante 28 promovidos na temporada anterior.

Museu do Zebu: Parada obrigatória para quem quiser conhecer um pouco mais da história das raças zebuínas no Brasil, o Museu do Zebu também prepara uma programação específica para a feira. Com inauguração marcada para o dia 25 de abril, a 36ª Mostra do Museu do Zebu, claro, irá contar os 100 anos de criação da ABCZ. Os tradicionais projetos ‘Zebu na Escola’ e ‘Zebu na Universidade’ também estão na programação, que inclui ainda o lançamento de uma nova edição da revista ‘Turma do Zebuzinho’.

Julgamentos. Os trabalhos no Recinto de Avaliação das Raças Zebuínas, como um dos pontos mais importantes da feira, também apresentam novidades. As mudanças são, principalmente, no que diz respeito a idade máxima para algumas raças.

Já repetindo o sucesso da edição passada, a modalidade de jurado único continua valendo para todas elas. Dessa vez os julgamentos acontecem de 28 de abril a 4 de maio, sendo que os campeonatos Matriz Modelo- Prêmio Orestes Prata Tibery Júnior e Modelo Frigorífico, também estão confirmados. Ainda na lista de novidades nos julgamentos, está a participação de animais da raça Girolando.

Concurso leiteiro. Na grande festa da pecuária nacional, destaque também para o potencial das raças zebuínas leiteiras. E, mais uma vez, ele será testado em dois formatos de competição. O primeiro deles, inclusive começa antes mesmo de o Parque Fernando Costa abrir os portões para a ExpoZebu 2019. Trata-se da ‘5º Concurso Leiteiro de Fazenda’ que, novamente, será realizado na Fazenda Experimental da ABCZ –Orestes Prata Tibery Jr. Nessa modalidade, o período total do concurso será de 20 dias, em que 15 dias serão para adaptação e os outros cinco para prova efetiva. Ao todo serão realizadas dez ordenhas oficiais, sendo que a primeira será efetuada no dia 8 de abril e a décima no dia 12 de abril. Já no Concurso Leiteiro tradicional, que acontece durante o período da feira, a promessa esse ano também é de uma competição ainda mais acirrada e com filtros mais rigorosos. A começar pela fiscalização, que se iniciará 48 horas antes da primeira ordenha oficial. Vale destacar ainda que os resultados serão apresentados da seguinte forma: 1- Produção total de leite e leite corrigido para sólidos totais; 2- Produção média de leite e leite corrigido para sólidos totais, obtida em 24 horas.

Nova raça. A lista de raças registradas pela ABCZ vai ganhar uma nova categoria nesta edição da ExpoZebu. É que durante a feira a entidade fará os primeiros registros da raça Punganur. Os animais são conhecidos por possuírem pelagem, formato de cabeça e rusticidade muito parecidos com os de outras raças zebuínas já difundidas no Brasil, mas apresenta grande diferença no porte físico já que mesmo depois de adultos, normalmente, não passam de um metro de altura. O registro da raça, com o objetivo de preservação, foi aprovado pelo Conselho Deliberativo Técnico da ABCZ e autorizado oficialmente pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A primeira marcação está prevista para o dia 2 de maio, às 8h, no Recinto de Avaliação do Parque Fernando Costa.

Guiness Book. Da ExpoZebu direto para o livro de recordes. Será assim um dos eventos que, sem dúvida nenhuma, mais movimentará o público durante a feira. Trata-se do ‘Zebu para Todos’, onde serão preparadas seis toneladas de carne. A Zebuiada será desenvolvida pelo Chef Allan Vila, e feita com base de acém e coxão duro de Zebu. A receita será preparada ao vivo, no último dia da feira (05/05), no Pavilhão Multiuso do Parque Fernando Costa. Todo preparo será acompanhado por fiscais do Guiness Book, já que a quantidade deve quebrar o recorde mundial e colocar a feira no livro dos recordes. Segundo o site oficial do Guiness Book, o recorde atual de é de 4,770.52 toneladas e foi registrado nos Emirados Árabes, em dezembro de ano passado. Para ter acesso ao local, o visitante deverá doar 1 litro de leite, que dará direito a degustar a receita. As arrecadações serão encaminhadas para o ‘Zebu do Bem’.

Data: 15/03/2019
Fonte: Revista AG

Últimas notícias