Abrafrigo contesta valores da dívida do Funrural

A Associação Brasileira de Frigoríficos distribuiu nota contestando o valor de R$ 17 bilhões para o passivo do Funrural dos produtores rurais e frigoríficos e divulgado segundo dados da Receita Federal. “Este número não é verdadeiro e está sendo utilizado apenas para se atribuir culpa aos produtores rurais e frigoríficos pela existência de uma dívida que não é deles e que, por sinal, nem deveria existir”, afirmou o Presidente Executivo da Abrafrigo, Péricles Salazar.

Ele lembrou que quem criou o problema foi o Supremo Tribunal Federal (STF) que, em 2010, julgou inconstitucional a cobrança do Funrural e, com isso, que os produtores rurais ficaram desobrigados de fazer o recolhimento do imposto devido.

“Em 2017, o STF reformulou esta decisão, voltando atrás e reconhecendo como constitucional essa cobrança. O setor aceitou isso e, desde então, os produtores rurais e frigoríficos vem cumprindo normalmente com este compromisso, num total de R$ 300 milhões mensais somente no setor da carne bovina. Mas, a bem da verdade, esta dívida que se aponta acumulada nos sete anos em que o Funrural não foi exigido, não existe”, afirmou o presidente da entidade.

Data: 11/01/2019
Fonte: ABRAFRIGO

Últimas notícias