Documento Embrapa

Até onde chega o impacto da produção in vitro de embriões bovinos

Alessandra Corallo Nicacio1

Provavelmente, você já ouviu falar sobre produção in vitro de embriões. Mas você sabe o que é e como ela pode ser uti- lizada a favor da produção ani- mal? Produzir um embrião in vi- tro envolve algumas etapas. Para começar é preciso coletar óvulos de uma fêmea (doadora), os quais passarão por um processo chama- do maturação in vitro para que possam ser fecundados. Depois, utiliza-se sêmen de um touro. Esse material pode ser congelado, fresco, resfriado, sexado, tanto faz, pois ele é tratado para sele- cionar somente espermatozoides viáveis. Então, óvulos e esper- matozoides são incubados para que ocorra a fecundação. Em se- guida, os presumíveis zigotos são incubados (ou cultivados) para o desenvolvimento dos embriões. Todos esses processos de matura- ção, fecundação e cultivo aconte- cem em placas de cultivo celular, com meios de cultura específicos para cada etapa, em estufas para cultivo celular, com temperatura, umidade e atmosfera controladas. O processo todo demora cerca de dez dias e, então, os embriões po- dem ser transferidos para vacas (receptoras) que irão gestar e pa- rir os bezerros. Essa é uma explicação simpli- ficada de todo o processo apenas para mostrar que é um procedi- mento elaborado, que requer ha- bilidades, conhecimentos, equi- pamentos e capacitação técnica. Pesquisas científicas foram e con- tinuam sendo feitas para aprimo- rar cada etapa. Afinal, cada de- talhe, cada reagente, cada célula envolvida no processo é impor- tante. Agora, pensemos na finalidade da técnica. O objetivo de usar a produção in vitro de embriões é produzir embriões de melhor po- tencial genético a partir de óvu- los e espermatozoides de animais de genética avaliada e seleciona- da, em maior quantidade e em menos tempo. A ideia é utilizar doadoras e touros selecionados segundo ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!