O Martelo

Fêmeas em destaque

As matrizes foram o destaque dos 24 leilões chancelados pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) na Temporada de Primavera 2020. Em comparação com o mesmo período de 2019, a valorização chegou a 94% na raça Hereford, com média final de R$ 8,21 mil, e a 58% na Braford, com média de R$ 9,09 mil. Segundo a ABHB, os remates faturaram R$ 27,6 milhões, com alta também nas médias dos machos. Os touros Hereford valorizaram 47%, com média final de R$ 13,99 mil, e os Braford, 55%, atingindo média de R$ 16,6 mil.

Leilão Baby Simental e Simbrasil

O Leilão União Baby Simental e Simbrasil, ofertou, em dezembro, exemplares selecionados até 12 meses e faturou R$ 421,1 mil pela venda de 36 animais, em 21 lotes. A média geral fechou em R$ 11,69 mil. O leilão reuniu oferta de 16 criadores de diversos estados, concretizando o momento de união dos selecionadores em benefício das raças. Todos os lotes foram muito disputados, com preço máximo para as bezerras ofertadas por Sérgio Vieira Attie, de Uberândia (MG). As duas fêmeas Aiza VA e Baila FIV VA foram negociadas por R$ 76 mil e adquiridas pela Saexi Santo Expedito Agropecuária, de Itabira (MG).

Guatambu, Alvorada e Caty

Fechando a tradicional temporada de primavera da pecuária gaúcha, a segunda parte do leilão Guatambu, Alvorada e Caty, que chegou a sua 48ª edição. Com grande oferta de fêmeas, a média em relação a 2019 na categoria subiu 107%. Enquanto o remate de 2019 fechou com média de R$ 3 mil, este ano ficou em R$ 6,25 mil. “Notamos a valorização genética dos animais Top 1%, 2% e 3%, que valeram de R$ 10 mil a R$ 20 mil. A conclusão é que o mercado está reconhecendo o trabalho de melhoramento genético”, afirmou o proprietário da Estância Guatambu, Valter Pötter.

Leilão Virtual Paranoá Senepol

No próximo dia 20 de fevereiro, a partir das 14h, acontece o Le...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!