Notícias do Hereford e Braford

1º WEBINAR HB destaca uso de tecnologias e melhoramento genético

Durante quatro dias, produtores rurais, pesquisadores, técnicos, professores e estudantes tiveram a oportunidade de participar do primeiro Webinar HB de melhoramento genético. O encontro, realizado pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), iniciou na segunda-feira (24/09) e estendeu-se até quinta-feira (27/09).

O time forte de palestrantes contou com Fernando Garcia, professor adjunto e coordenador do laboratório de Bioquímica e Biologia Molecular da Unesp; Luiz Antonio Josahkian, superintendente técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ); Leandro Lunardini, proprietário e responsável pela empresa Meat Science Consultoria; Fernando Cardoso, chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Pecuária Sul, e Marcos Yokoo, pesquisador da Embrapa Pecuária Sul. A mediação ficou por conta de Zilah Cheuiche, superintendente de Registro Genealógico da ABHB e coordenadora do PampaPlus; Fabiana Freitas, gerente do Programa Carne Pampa, e do pesquisador Fernando Cardoso.

De acordo Zilah, o evento buscou orientar o criador sobre os principais conceitos de seleção e melhoramento genético. “Acredito que o Webinar teve um resultado otimista, pois, através das palestras, conseguimos conduzir sócios e usuários do PampaPlus para uma interpretação correta e eficiente do melhoramento genético para aprimorar a eficiência e o padrão de seus rebanhos.”

Quem também se mostrou satisfeito foi o chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Cardoso, que destacou a importância do uso de tecnologias para gerar resultados aos criatórios. “Para a Embrapa, é sempre uma satisfação estar junto com a ABHB promovendo eventos como este para levar aos produtores informações sobre o uso de tecnologias que fazem a diferença para os seus sistemas de produção.”

Ciclo de palestras

A programação iniciou com a palestra “Genômica em Melhoramento Genético de Bovinos de Corte”, apresentada por Fernando Garcia e mediada por Fernando Cardoso. Garcia exibiu alguns conceitos fundamentais da área e apresentou ferramentas, avanços científicos recentes e exemplos do uso da genômica no agronegócio. “A genômica é um caminho sem volta, em nossa opinião, para acelerar e uniformizar processos de seleção e maximizar rendimentos”, afirmou.

As discussões do segundo dia versaram sobre o “Registro Genealógico e Melhoramento Genético”, tema abordado por Luiz Antonio Josahkian. O palestrante contextualizou a história do zebu no Brasil com números de registro da ABCZ, critérios de seleção e avaliações visuais. “A seleção não deve ser focada apenas em uma característica, pois pode trazer respostas indesejadas, assim como pode deixar de incluir atributos de interesse porque a unidade selecionada é o animal. Então, nossa ideia é sempre aumentar o equilíbrio na busca de um conjunto de características econômicas”, destacou.

O terceiro dia de palestras contou com a mediação de Fabiana Freitas e a presença de Leandro Lunardini, que abordou como a utilização da ultrassonografia auxilia na produção de carcaças e de carne de qualidade a partir de animais melhoradores. “O Programa de Melhoramento Genético dispõe de todas essas ferramentas, desde a avaliação genética e visual até a genômica e a ultrassonografia. O ultrassom é uma ferramenta de grande importância para coleta de informações que, muitas vezes, não conseguimos observar a olho nu”, explicou.

O ciclo de palestras encerrou na quinta-feira com um bate-papo conduzido por Fernando Cardoso e Marcos Yokoo sobre o programa de melhoramento genético PampaPlus. “Trocamos ideias e esclarecemos algumas dúvidas sobre as avaliações genéticas e o PampaPlus”, relatou Yokoo.

As palestras, que reuniram cerca de cem pessoas por dia, estão disponíveis no canal do Youtube da ABHB e podem ser acessadas a qualquer momento.