Falou

Produtividade ao menor custo

Falou

O gerente de Negócios Guilherme Viana aponta as novidades que sustentam a Belgo Bekaert como referência na fabricação de arames

Revista AG – Como vem sendo a expansão das fábricas nos últimos anos?

Guilherme Viana – Nossas plantas estão nos estados de Minas Gerais e Bahia. As unidades de produção das nossas linhas de arames e cercas para o agronegócio encontram-se em Contagem/MG (duas unidades) e em Feira de Santana/BA (uma unidade). O “negócio de cercas” cresce ao ritmo da agropecuária brasileira e está dividido em dois grandes blocos: o de arame farpado, arame liso e telas prontas. Os demais setores dividem-se em agricultura, piscicultura, avicultura, fruticultura e algodão.

Revista AG – Que novidades a Belgo trouxe para os produtores rurais nos últimos anos?

Guilherme Viana – A mais importante novidade da Belgo são as telas prontas Belgo Campestre e Belgo Cercar. Esse tipo de solução tem como foco a maior segurança dos animais em regiões de maior impacto, como beiras de estrada, entrada do curral e proteção de lavouras contra animais silvestres. Importante destacar que, quando falamos em proteção de animais silvestres, o foco é a segurança, principalmente nas rodovias, tendo em vista que nossa malha viária é muito extensa. As telas prontas são muito utilizadas em países da Europa e da América do Norte, que praticamente cercam suas estradas dessa forma, que é de fácil manuseio e extremamente prática. Outra novidade é a cerca elétrica Belgo Eletrix Light, solução que recomendamos para os pequenos produtores de leite que gostam de um arame mais maleável e piquetes menores.

Revista AG – Quais são os produtos em destaq...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!