Mercado

Acordos comerciais: uma saída para o agronegócio

O acordo firmado entre o Mercosul e a União Europeia promete ser um marco nas relações entre dois dos principais blocos comerciais no mundo. Segundo a Scot Consultoria, esse acordo poderá beneficiar a exportação de vários produtos agrícolas brasileiros, entre eles, as carnes bovina, de frango e suína. A exportação desses produtos poderá impactar positivamente na balança comercial brasileira e, consequentemente, no PIB do agronegócio, que já responde por boa parte do PIB nacional.

Mercado

Acordos como esse já deveriam fazer parte das relações comerciais brasileiras há muito tempo. O que se espera do nosso governo são atitudes no sentido de fomentar a exportação dos produtos agropecuários brasileiros. Vamos torcer para que tudo dê certo e novos acordos apareçam.

No quadro Preços do Boi Gordo no Mundo, podemos observar os preços da arroba do boi gordo, em dólares americanos, nos quatro principais países exportadores mundiais, no período de 17 de junho a 15 de julho de 2019.

Apesar de uma alta de 5,01%, quando comparada ao período imediatamente anterior, a arroba do boi gordo produzida no Brasil ainda é a mais barata no mercado internacional em relação aos demais países avaliados. Não há novidade nisso. Nosso País continua produzindo a carne mais barata e de excelente qualidade. Os números do período revertem a tendência que vinha se verificando, que era de recuo no valor da arroba em dólares no mercado internacional. Além da alta no Brasil, a arroba argentina saltou 8,46% (a maior entre esses países), e a australiana, 3,65%. O único país na contramão dessa tendência foram os Estados Unidos, com recuo de 2,52% no valor da arroba.

Como a arroba americana já havia apresentado queda no período anterior, há uma tendênc...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!