O Confinador

METABOLISMO DO FÍGADO

O

Pesquisas mostram maior consumo de matéria seca em animais alimentados com blend de vitaminas B e hidroximinerais desde a fase de adaptação

*Dr. Ricardo Andrade Reis e **Dra. Josiane Lage **

Vitaminas do complexo B são essenciais para os animais e estão presentes em quase todos os alimentos que os ruminantes consomem, mas, em muitos casos, essa não é a principal fonte de vitamina B que os bovinos utilizam. Vitaminas B provenientes do alimento são degradadas no rúmen devido ao processo de fermentação ruminal, sendo que algumas vitaminas são absorvidas através da parede ruminal. Entretanto, micro -organismos no rúmen utilizam e também produzem vitaminas B.

Elas atuam como cofatores enzimáticos que estimulam o funcionamento do fígado, auxiliando no metabolismo de carboidratos, lipídeos e aminoácidos, melhorando a eficiência pós-absortiva de Foto: Arquivo Revista AG REVISTA AG - 45 nutrientes. O fígado tem um papel crucial no metabolismo de glicose, aminoácidos e lipídeos, de forma que muitos desses processos dependem de enzimas que são ativadas em cooperação com cofatores enzimáticos. Os responsáveis por esse processo no fígado consistem de vitamina B e, portanto, há um aumento na demanda dessas vitaminas para suportar e otimizar o metabolismo quando o animal está com uma alta demanda do mesmo.

Muitos estudos com vitaminas B em bovinos envolvem a suplementação via dieta, entretanto não consideram o uso de vitaminas B protegidas da degradação ruminal. Devido ao fato de que vitaminas B “não encapsuladas” são degradadas no rúmen, muitos estudos não tiveram sucesso em afetar o status de vitamina B no organismo do animal. Se a vitamina B “não encapsulada” é adicionada à dieta, a bactéria ruminal re...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!