A Voz do Criador

Crise de credibilidade

O mundo evolui constantemente, e, se não mudamos junto com ele, ficamos para trás. Isso ilustra bem o caso do indicador Cepea/B3, tema da nossa matéria em “Indicadores”. Quando o indicador captava informação de diversos frigoríficos, estava tudo caminhando bem.

O problema surgiu após se iniciar a concentração frigorífica no Brasil, pois diminuiu-se a diversidade de empresas compradoras, ao mesmo passo que a indústria passou a centralizar o envio das informações a partir de suas sedes. Como resultado, a base de dados encolhe com o passar do tempo.

Organizados, os frigoríficos utilizam o balizador para economizar na aquisição de matéria-prima. Por outro lado, os produtores querem melhores preços e maior transparência. Conclamam, principalmente, a inserção dos frigoríficos com inspeção estadual – justamente os que pagam mais pela arroba. O indicador do Cepea compreende apenas os exportadores.

Também exigem a comunicação do volume de animais envolvidos em cada negociação registrada e fácil acesso a tais informações. Mas um adendo: os próprios pecuaristas não se mobilizam para informar suas negociações, fragilizando o indicador e fortalecendo a indústria.

Leia análise completa do embate nesta edição. Uma interpretação inquestionável é que o acesso à informação beneficia a todos. Por esse motivo, não deixe de ver nossa “Entrevista do Mês”, onde Alexandre Berndt abre a caixa-preta das emissões dos gases de efeito estufa (GEE). Duvide de quem acusa o Brasil e a nossa pecuária de vilã do aquecimento global e tenha em mãos, a partir desta entrevista, dados científicos para rebater.

Informação leva a planejamento, e este leva à “Pastagem”, que, por sua vez conduz à “Escolha do Leitor”. A primeira traz dicas importantes para uma boa formação do pasto e a segunda contém o custo de desenvolvimento das principais cultivares do Brasil.

Pastagem é alimento do gado e, se malconservada, cria fungos. Para não intoxicar seus animais ou levá-los à morte, não deixe de conferir “Feno & Silagem”. A intoxicação compromete o metabolismo no fígado dos bovinos, a chave mestra para o aumento da produtividade. Saiba por que cuidar bem do fígado dos animais após consultar “O Confinador”.

Certeza que seu gado vai engordar, assim como faz o Angus, destaque em “Raças”. Gordura é fator primordial também na precificação do “Leite”, onde listamos quatro erros comuns. Depois de tanta informação, use-as para melhorar a gestão da propriedade, assim como podemos ver em “Caprinovinocultura”.

Produção top merece um “Touro de Ouro”, cuja votação já está aberta em nossa plataforma digital AG+ (site, newsletter, redes sociais e app). Não esqueça, os votos são apenas pela internet.

Boa leitura!