Caprinovicultura

Esforço por uma cadeia mais forte

Caprinovicultura

Eleito novo presidente da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco), Edemundo Gressler trabalha por uma maior aproximação com os produtores e por ações que colaborem para o incremento do rebanho nacional

Denise Saueressig
[email protected]

A Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (Arco) tem um novo presidente desde março. Edemundo Ferreira Gressler foi eleito em assembleia de associados e substitui Paulo Schwab, que ficou no cargo por 22 anos. A chapa liderada por ele e pela sua vice, Elisabeth Amaral Lemos, concorreu com o slogan “Por uma nova Arco”, o que, segundo Gressler, expressa que é possível contribuir com inovações. “Em Denise [email protected] momento essa frase significa que a Arco é antiga ou que precisa ser remodelada, mas sim a importância de trabalharmos por mudanças positivas que resultem em uma instituição mais forte e coesa”, salienta.

O Serviço de Registro Genealógico de Ovinos (SRGO) para as raças existentes no Brasil é um dos principais trabalhos da associação, que é homologada pelo Ministério da Agricultura para essa função. Gressler faz questão de enaltecer o histórico do expresidente, que, segundo ele, foi o responsável pelo avanço tecnológico do registro, cujos processos podem ser realizados online. “O trabalho do Paulo Schwab fez com que o País conhecesse a Arco, e não apenas os criadores. Ele levou as questões da cadeia para o Senado e para a Câmara Federal”, relata.

Um dos objetivos do novo presidente é tornar mais acessível os custos do registro para os criadores. A meta é conseguir uma redução entre 20% e 30% nos valores cobrados, que são variáveis de acordo com a categoria de sócio. O tema, no entant...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!