Caprinovicultura

Incentivo para o crescimento

Caprinovicultura

Programa desenvolvido em Santa Catarina desde 2016 presta assistência a criadores de ovinos e promove melhorias no desempenho das propriedades.

Denise Saueressig
[email protected]

A organização tão necessária para um maior desenvolvimento da ovinocultura no Brasil pode iniciar com a adoção de práticas simples nas propriedades. Em Santa Catarina, o Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em Ovinocultura de Corte vem auxiliando produtores que buscam melhoria dos resultados obtidos com seus rebanhos.

Promovida desde 2016 pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), a iniciativa inclui atendimento gratuito a 180 produtores divididos em seis grupos liderados pelos sindicatos rurais de Canoinhas, Fraiburgo, Mafra, Ponte Alta, Videira e São Bento do Sul. Para ilustrar a importância da ação junto aos criadores, o coordenador do programa e vice-presidente de Finanças da Faesc, Antônio Marcos Pagani de Souza, cita números que impactam diretamente nas contas dos criadores.

Caprinovicultura

Em diferentes regiões do estado, 180 criadores são atendidos gratuitamente. Entre os resultados observados nas propriedades está a redução dos custos de produção

“Observamos, no grupo de Mafra, um aumento na taxa de prenhez de 96%, em 2017, para 98% em 2018. Outro resultado importante foi com relação ao custo de produção, que reduziu de R$ 5,29 para R$ 4,85 por quilo do animal”, enumera.

O trabalho realizado nas propriedades se inicia com uma conversa entre...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!