Brasil de A a Z

Julgamento de zebuínos Será possível definir uma equação mais objetiva?

Brasil

Resultado de exposição = EPMURAS + AOL + EGS + peso + PE/prenhez + talento humano

William Koury Filho é zootecnista, mestre e doutor em Produção Animal, jurado de pista de Angus a Zebu e proprietário da Brasil com Z® – Zootecnia Tropical

Olá, amigos do agro. Acabo de retornar do encontro de atualização do colegiado de jurados das raças zebuínas, organizado pela ABCZ. Além da oportunidade de encontrar amigos, o evento trouxe um conteúdo que nos faz pensar como encarar as limitações e buscar soluções para que a pista volte a ter maior importância na genética zebuína – e, consequentemente, maior influência direta na pecuária comercial.

A programação teve início com os jurados realizando um exercício prático de avaliação visual em um grupo de animais medidos por ultrassonografia para área de olho de lombo (AOL) e espessura de gordura subcutânea (EGS). Na sequência, o diretor técnico da entidade comentou sobre um gado descendente da genética importada em 1962. Para finalizar o primeiro dia, tivemos um exercício de comentários com gado de cabresto/baia. Na manhã seguinte, houve uma série de três palestras ótimas. A primeira trouxe experiências riquíssimas do julgamento de gado leiteiro, com excelente material de imagens e referências de matriz; a segunda falou sobre perspectivas do mercado mundial de carne; e a terceira apresentou um verdadeiro raio X do perfil das categorias e classificações de carcaças abatidas no Brasil.

No último período do encontro, houve a apresentação dos resultados gerais do exercício prático de avaliações visuais, conduzido pelos amigos especialistas em ultrassonografia, seguido da entrega dos resultados individuais de cada...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!