A Voz do Criador

Ganha mais quem perde menos

A máxima utilizada no título deste editorial se faz prevalecer quando o assunto é mortalidade de bezerros. Sabemos que existem diferentes tipos de perdas, algumas delas, inclusive, relacionadas ao ataque de onças. Nesse caso, pouco pode ser feito pela interferência humana. Entretanto, tem produtor perdendo menos para onças e mais para doenças.

A diarreia é uma enfermidade fatal para bezerros neonatos, mas as perdas podem acontecer ainda antes do nascimento. E sem o pecuarista perceber. Uma reabsorção de feto, por exemplo, pode parecer cio falho. Infelizmente, não existe milagre, e investimentos nos manejos sanitário e nutricional se fazem necessários. Para ajudar o leitor com algumas dicas certeiras, trazemos este assunto à tona em nossa “Matéria de Capa” e na “Entrevista do Mês”.

Na entrevista, ouvimos o consultor Luciano Penteado, que vem realizando muitos projetos em parceria com o professor Pietro Baruselli, um dos mais renomados pesquisadores da área de reprodução animal no Brasil. Ou seja, além de sanidade e nutrição, o leitor terá acesso a muita informação sobre qualidade genética, gestão e inseminação artificial em tempo fixo.

As seções “Escolha do Leitor”, “Feno & Silagem”, “Nutrição” e “O Confinador” têm papel importante nessa história e estão relacionadas diretamente com o foco principal desta edição. Na primeira, trazemos dados importantes sobre a descoberta do mecanismo de resistência do carrapato à ivermectina. Com a ascensão do cruzamento industrial, a tristeza parasitária – à qual os animais com sangue taurino são mais suscetíveis – tornou-se grande fator de risco de mortalidade de bezerros.

Já a segunda e a terceira ajudam o pecuarista a decidir o que é melhor: feno ou silagem, alimento de extrema importância antes do nascimento e depois da desmama. A quarta, por sua vez, mostra o retorno econômico de diferentes dietas. Complementam o velho tripé da produção a “Genética” – em que identificamos o aquecimento da demanda por Brahman Vermelho – e o “Especial Avaliação Genética” – no qual, mês a mês, apresentaremos os principais programas de melhoramento genético do Brasil. O primeiro é a ANCP.

Também nesta edição, apresentamos, em “Leite”, o aplicativo da Embrapa que ajuda a controlar a produção e a reprodução. E, ainda, fazemos dois convites ao leitor: para que conheça o trabalho do nosso leitor Taeke Greidanus – há 30 anos na ovinocultura – e para que nos siga em nossas redes sociais. Já estamos com um conteúdo bem rico e interativo com o impresso. É a nossa plataforma AG+.

A

Boa leitura!