Agro Giro

Parceria combate uso indiscriminado de antimicrobianos

Agro

Antimicrobiano é o termo utilizado para descrever substâncias que demonstram a capacidade de reduzir a presença de micróbios, tais como bactérias e fungos. Os antimicrobianos ainda podem ser divididos em diversas classes, a exemplo de desinfetantes, aditivos – incluindo alimentares – e antibióticos.

Esse último grupo é o mais preocupante, pois o uso errado ou indiscriminado em animais de produção pode resultar na resistência de bactérias causadoras de doenças em humanos que consomem sua carne ou leite, uma preocupação global e monitorada pela Organização Mundial de Saúde.

É para antecipar uma demanda iminente, após a criação do Plano de Ação Nacional para Prevenção e Controle da Resistência aos Antimicrobianos (PAN-BR AGRO), lançado pelo Ministério da Agricultura, em maio deste ano, que nasce a Aliança para o uso responsável de antimicrobianos, formada por 11 entidades de classe atuantes no mercado de proteína animal.

“Os representantes de classe ligados à produção de alimentos de origem animal dão um passo para aprofundar as discussões e atuar de forma colaborativa, minimizando os riscos da resistência antimicrobiana em animais e a consequente transferência para humanos”, explica Sheila Guebara, coordenadora da Aliança.

Entre as propostas da Aliança está a participação dos representantes das entidades envolvidas em ações, simpósios e reuniões – nacionais e internacionais – com o objetivo de fomentar a correta utilização dos antimicrobianos e discutir atualizações sobre o tema.

O foco do trabalho é mais voltado à educação e menos à restrição do uso de determinados produtos, como no caso de tratamentos preventivos com antibiótico. “A Aliança não tem o caráter de proibir ou restringir, e sim de ...

Para ler a matéria completa faça Login
Caso não seja assinante da Revista AG, clique Aqui e Assine Agora!